A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/04/2012 13:15

Puccinelli se diz favorável a CPMI e não teme prejuízo no Estado

Wendell Reis
Governador afirma que pediu para os deputados de seu grupo votarem a favor (Foto: Minamar Junior)Governador afirma que pediu para os deputados de seu grupo votarem a favor (Foto: Minamar Junior)

O governador André Puccinelli (PMDB) declarou na manhã desta terça-feira (24) que não acredita que a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) instaurada para investigar Carlos Augusto de Almeida Ramos, também conhecido como Carlinhos Cachoeira, vá influenciar na disputa pelas prefeituras do Estado ou o andamento de obras, visto que a empresa Delta, cujo proprietário é investigado por envolvimento com Cachoeira, tem obras contratadas pelo DNIT em Mato Grosso do Sul.

Puccinelli acredita que toda CPMI é bem vinda e disse que enquanto esteve em Brasília, representando o Estado como deputado federal, sempre foi favorável a qualquer CPI. “Quem tem medo de investigação deve alguma coisa”, explicou.

Puccinelli aproveitou a oportunidade para dizer que pediu ao seu grupo político para votar a favor da CPI. Além disso, justificou que os deputados Marçal Filho (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) só não assinaram a CPMI porque estavam viajando. Ao finalizar as palavras, o governador defendeu investigações rigorosas.

A CPMI vai investigar o envolvimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira com parlamentares. Nesta terça-feira estão sendo definidos os relatores da CPMI, a ser composta por 15 deputados e 15 senadores. Na quarta-feira (25) vence o prazo para que o senador Demóstenes Torres, um dos principais alvos da CPMI, entregue sua defesa ao Conselho de Ética do Senado, que deve analisar o processo e, a partir daí, verificar se resultará em uma cassação.

Morador de MS apontado como "laranja" de empresa ligada a Cachoeira
Após irregularidades em obras de rodovias, Delta Construções é alvo de uma nova denúnciaSuspeita de irrigar o esquema de jogo ilegal liderado por Ca...
Mandetta e Marçal justificam ausência na votação da CPI contra Cachoeira
Os dois foram acusados de terem se omitido no caso, mas ambos afirmam ser a favor da CPIApós serem apontados por não terem assinado, na última quint...
Dois deputados federais do MS não assinam CPI contra Carlinhos Cachoeira
Dois deputados federais do Mato Grosso do Sul não assinaram a CPI de investigação contra Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acus...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions