A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/06/2012 12:13

Puccinelli vai a Brasília tratar de empréstimo de R$ 650 milhões

Paula Maciulevicius
Governador tenta liberação de parte dos R$ 24,5 bilhões destinados ao setor produtivo em todo o País, no primeiro trimestre de 2012. (Foto: Arquivo/Minamar Júnior)Governador tenta liberação de parte dos R$ 24,5 bilhões destinados ao setor produtivo em todo o País, no primeiro trimestre de 2012. (Foto: Arquivo/Minamar Júnior)

O governador André Puccinelli (PMDB) vai a Brasília nesta sexta-feira para reunião no Ministério do Planejamento. Entre os assuntos, está a liberação de R$ 650 milhões pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), anunciados por Puccinelli desde março.

O dinheiro será investido em obras de infraestrutura, entre elas rodovias. O governador recorreu ao BNDES após a cota de empréstimo do Brasil com o Bird (Banco Mundial de Reconstrução e Desenvolvimento) ficar no limite. Ele tenta a liberação para o Estado de parte dos R$ 24,5 bilhões destinados ao setor produtivo em todo o País, no primeiro trimestre de 2012.

A meta do governo é investir os recursos, conforme já anunciado por Puccinelli, na implantação de 550 quilômetros de rodovia. Essas estradas devem ser incorporadas ao sistema rodo-ferro-hidroviário, para melhorar a logística nas áreas de produção, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Estado, com a construção de uma rodovia perto de Inocência e Aparecida do Taboado.

Apelo da bancada - A bancada federal de Mato Grosso do Sul se reuniu na manhã de hoje com a ministra do Planejamento, Miriam Belquior, para pedir a liberação de recursos federais para o Estado.

De acordo com o senador Delcídio do Amaral, a bancada soliticitou a cedência, por empréstimo, de mais 10 analistas de infraestrutura ao Ministério da Integração Nacional, para que os projetos em análise na Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), fruto de emendas ao Orçamento da União, venham a ser aprovados antes de 30 de junho, data limite determinada pelo governo para aprovação de emendas parlamentares.



Sorte dele que pode fazer emprestimo pra pagar suas dividas,o que nao e o caso dos servidores estaduais que nao tem opçao de escolha do banco.
 
liliam vera em 14/06/2012 05:55:13
E a rodovia MS 040 que foi federalizada,sai ou não sai?
 
jose dias em 14/06/2012 05:01:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions