A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/07/2012 09:48

Puccinelli veta projeto de lei que previa oferta de vacina contra HPV

Marta Ferreira

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) vetou hoje projeto de lei que previa o oferecimento, na rede pública, da vacina contra o HPV.

O projeto foi proposto pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), sob a argumentação de que a vacina previne o câncer do colo do útero. Pela proposição, a imunização iria da faixa etária dos 9 aos 26 anos.

A proposta foi aprovada pela Assembleia Legislativa, mas hoje recebeu o veto do governador.

Na justificativa do veto, Puccinelli afirma que, embora “louvável e meritória”, a proposta extrapola a função do Legislativo, “na medida em que traçam normas a serem executadas pela rede de saúde pública estadual, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde, que faz parte da estrutura do Poder Executivo Estadual.”

A decisão do governador foi publicada no Diário Oficial do Estado de hoje.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


O governador, não tem respeito com a população, esta vacina e de muita importãncia para os jovens, com a sexualidade aflorada por conta da velocidade das informações, chega de obras governador ,vamos cuidar de nossos jovens,vamos respeitar o ser humano já é hora, é direito do povo, nós pagamos impostos. O povo tem que reagir a esta situação.
 
vera souza em 10/07/2012 10:57:05
Vamos esquecer que os nobres e louváveis Deputados devem zelar e fiscalizar os serviços a populacão. O poder executivo esta preocupado com obras eleitoreiras. Secretaria de Saúde é para dar cumprimento aquilo que é de interesse público e cuidar da saúde com todos os meios para evitar doenças, diminuindo a frequência em leitos hospitalares que já são deficitários.
 
Almerindo de Oliveira em 10/07/2012 10:53:00
seria tao bom!!!!porq senhor governador... eh mais barato pagar depois os ttm de cancer
 
maria helena ferreira em 10/07/2012 10:44:46
Essa decisão do governador é inconstitucional. Cabe à Asembléia Legislativa derrubar esse veto.
 
Jôni Coutinho em 10/07/2012 10:14:13
Se o legislativo propõe e isso extrapola, então que o órgão competente o faça. Pois é um direito do povo que tem, pois o mesmo governador quando propõe as obras sejam elas importantes ou não, é o povo que paga, banca, financia!!!
 
Jair Rocha Benites em 10/07/2012 01:21:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions