A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/12/2010 11:05

Entrada em vigor de reajuste tem interpretações distintas na Assembleia

Marta Ferreira

Com mudança, deputado estadual passará a ganhar R$ 20 mil

Que os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul vão acompanhar o reajuste que os parlamentares federais se deram ontem, de 61,8%, já está certo. Mas a forma como isso vai ocorrer não está definida e gerou interpretações distintas na sessão da Assembleia Legislativa esta manhã.

Para o líder do Governo na Casa, Youssif Domingos (PMDB), que não se elegeu para a próxima legislatura, a mudança de salários deve ser automática, considerando que a previsão legal é de que os deputados estaduais ganhem o equilante a 75% do vencimento dos federais.

Aplicado esse percentual, o salário de um deputado estadual de Mato Grosso do Sul passaria dos atuais R$ 12.375 para R$ 20.025 já no início do ano, conforme o entendimento de Youssif.

Para o deputado Marquinhos Trad, do PMDB, que é membro da CCJR (Comissão de Constituição, Redação e Justiça), vai ser necessário um projeto alterando o vencimento dos deputados e ainda as verbas de gabinete e indenizatória, que também aumentarão para atingir o percentual de 75% do valor a que os parlamentares federais têm direito.

Hoje, a verba indenizatória dos deputados estaduais é de R$ 13 mil por mês e a verba de gabinete é de R$ 11 mil.

Câmara aumenta salários de parlamentares, ministros e presidente da República
A Câmara dos Deputados aprovou há pouco projeto de lei que reajusta os salários dos deputados, senadores, ministros, do vice-presidente e presidente...
Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


O governo anuncia cortes e o aumento é de 61%. Os professores ganham 6% os outros devem ganhar no Maximo 3% é com certeza esses cortes devem ser para os pescoços e pulsos dos cidadãos brasileiros. Impressionante a forma como os "representantes do povo" se utilizam constantemente do poder em beneficio próprio se locupletando do dinheiro publico. Ha muito tempo que venho votando no “Nulo”, porque não acredito que possa fazer diferença quando as opções são como um baralho de cartas marcadas.
Na minha opinião a democracia esta falida, é o descalabro da sociedade.
 
Sergio Paulo Junior em 16/12/2010 12:42:50
Quem viu os jornais em rede nacional? os Senadores, Juizes, deputados, Presidentes, vice-presidentes, etc. etc etc. todos vao ter aumento de salarios. Quem vai entrar em janeiro esta de sorriso largo, ja via entar ganhando bem. E nós? povo. com aumento de impostos, matriculas do filho, material escolar que vem o ano que vem. Desculpe, eu esqueci foi nós do povo que votamos.
 
Edson Garcia em 16/12/2010 12:17:57
É brincadeira mesmo, belo momento para esses senhores se darem esse aumento, cujo só aparecem falcatruas e escândalos. Por isso que esse país não vai pra frente. Segue aqui a minha indignação.
 
Henrique César em 16/12/2010 11:55:08
Cade o povão que não faz nada pra barrar isso que absudo !!!!
 
Fernanda O. Muniz em 16/12/2010 11:12:30
Eu acho que esses deputados ja ganham de mais, e ainda reajuste de mais de 60%, enquanto para os professores só 6% q vcs vão aprovarem, é lógico q o aumento p/ os prof é o governo q esta dando, e vcs é quem da aumento p/ vc msmo.
 
Henrique em 16/12/2010 02:12:00
Enquanto isso nós professores ficaremos na maior felicidade com nosso expressivo aumento de 6% , sem verba indenizatória de psiquiatra nem a verba de farmácia para antidepressivos, remédios para hipertensão e todos os males causados pelo stress das salas superlotadas.
 
ANDRÉ SILVA BARRETO em 16/12/2010 02:00:32
acho isso uma tremenda falta de vergonha na cara, pois, o país não reajusta salario minimo decente, e, os parlamentares sempre no apagar das luzes fazem esses estragos absurdos para o povo engolir goela abaixo, cade a nossa justiça, cade os representantes do povo, ou os representantes dos bolsos e da corrupção.
 
João Antonio Marchini em 16/12/2010 01:43:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions