A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

17/06/2019 14:23

Reforma vai trazer confiança e mais investimentos, avalia Riedel

Secretário estadual de Governo entende que a reforma vai trazer melhorias e crescimento à economia

Leonardo Rocha
Secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, durante entrevista (Foto: Arquivo)Secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, durante entrevista (Foto: Arquivo)

O secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, declarou que se houver a aprovação da reforma da previdência, vai gerar confiança para o setor empresarial, tendo assim mais investimentos, importantes para retomada da economia e geração de empregos, inclusive em Mato Grosso do Sul.

“Essa reforma é emblemática. Porque, sem ela, não haverá o necessário resgate da confiança. E sem confiança não há investimento; sem investimento, não há crescimento; e sem crescimento não tem milagre”, disse o secretário. Para ele estas mudanças são essenciais para o crescimento da economia.

Riedel ponderou que o tema não pode ser tratado como algo partidário deste ou daquele governo. “Ou se tem um clima de entendimento e de compreensão por parte de todos, de que as reformas não são deste ou daquele ministro, ou o futuro será uma utopia”, descreveu.

Diante das dificuldades financeiras da maioria dos estados, ele lembra que Mato Grosso do Sul tomou atitudes duras para manter as contas em dia, como aprovar a reforma da previdência, reduzir a estrutura administrativa, aprovar o teto de gastos e revisão dos incentivos fiscais. “Ainda há um esforço para redução de custeio”.

O secretário também defende um novo modelo de gestão pública, com parceria com os setores produtivos, qualificação dos gastos (públicos), para melhores resultados em nível nacional.

Emenda – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou hoje (17), durante a manhã, que por meio dos governadores será apresentada uma emenda no plenário da Câmara Federal, para incluir os estados e municípios na reforma da previdência, mas que para isto precisa-se de 308 votos.

“Montamos esta estratégia, agora resta a cada governador buscar apoio da sua bancada federal, inclusive aqueles que estavam em cima do muro”. “Estou otimista que haverá um convencimento”, disse o tucano.



3 possibilidades para enquadrar o secretário:
1) Incauto;
2) Desinformado ou
3) Má fé.
 
Critico em 17/06/2019 15:25:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions