A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

16/08/2017 10:39

Reinaldo diz que corte de gastos do Governo Federal é preocupante

Paulo Nonato de Souza e Mayara Bueno
O governador Reinaldo Azambuja, durante entrevista para a imprensa na manhã desta quarta-feira no cruzamento da Mato Grosso com Via Parque (Foto: Marcos Ermínio)O governador Reinaldo Azambuja, durante entrevista para a imprensa na manhã desta quarta-feira no cruzamento da Mato Grosso com Via Parque (Foto: Marcos Ermínio)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), admitiu, nesta quarta-feira, 16, preocupação sobre os reflexos do pacote de medidas do Governo Federal, com mudança da meta fiscal e de corte de gastos, nos programas de investimentos nos estados.

“Isso muito nos preocupa. Eu penso que o governo federal precisa manter a regularidade de repasses aos estados, principalmente naquilo que foi pactuado para que não ocorra paralisação durante a execução de algum programa de investimento, porque isso acaba prejudicando a população”, comentou Reinaldo Azambuja.

Técnicos do Governo Federal ainda estudam se as propostas de reduzir os gastos públicos em até R$ 70 bilhões serão encaminhadas ao Congresso por meio de projetos de lei ou por medida provisória, que teria eficácia imediata.

“Todo contingenciamento do Governo Federal faz impactar os estados e municípios, e Mato Grosso do Sul não ficará alheio a isso. Existe previsão de cortes em alguns programas que já estão em andamento nas áreas de saúde e educação, e isso é muito preocupante, inclusive temos recursos da área da saúde para receber”, afirmou o governador, durante o evento de inauguração da obras de adequação da rotatória da Mato Grosso com Via Parque, em Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions