A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/10/2016 10:40

Rose tem o apoio de pelo menos oito dos dez vereadores mais bem votados

Ricardo Campos Jr. e Mayara Bueno
Maioria dos vereadores mais bem votados apoiam a candidata tucana (Foto: Richelieu Pereira)Maioria dos vereadores mais bem votados apoiam a candidata tucana (Foto: Richelieu Pereira)

Dos dez vereadores mais bem votados nestas eleições em Campo Grande, a maioria apoia Rose Modesto (PSDB) no segundo turno da disputa pela prefeitura. Dos parlamentares que estão neste ranking, quatro são tucanos e outros cinco pertencem a legendas aliadas.

André Salineiro (PSDB), eleito com a maior votação, diz que está com Rose Modesto não apenas pela filiação partidária, mas por acreditar que ela “é uma candidata preparada, séria, tem um projeto verdadeiro de mudança para Campo Grande, que conta com os apoios essenciais do Governo do Estado, da maioria dos deputados estaduais, federais e do Ministro das Cidades”.

Para ele, essas características serão fundamentais para fazer Campo Grande voltar a crescer. “Sozinho ninguém faz nada e a Rose conta com um grande e preparado time”, pontua.

Além dele, também estão entre os dez vereadores com mais votos e que pertencem ao partido Professor João Rocha (PSDB), Junior Longo (PSDB) e Lívio Viana (PSDB).

Odilon de Oliveira (PDT), que obteve 6.825 votos nas urnas, afirma que existe uma orientação partidária para apoiar a candidata tucana, mas ainda que não houvesse, ele optaria por ela. “Comecei com a Rose e vou terminar com a Rose”, afirma. Da mesma forma pensa Ademir Santana (PDT). “Estava com ela no primeiro turno e vou continuar”.

Lucas de Lima (SD) também acredita que Rose terá maior governabilidade por conta do apoio do governo. “Mais recursos para a nossa cidade, afinidade que ela tem de diálogo com os vereadores”, afirma.

Epaminondas Vicente, o Papy (SD), afirma que tem com a candidata tucana um compromisso partidário e pessoal. “Estamos vinculados ao projeto dela. Não tem porque mudar no segundo turno”, pontua.

Gilmar da Cruz (PRB) não atendeu às ligações do Campo Grande News, mas o partido dele também é aliado dos tucanos.

Entre os dez melhores colocados nas eleições, apenas Loester Nunes de Olveira (PMDB) se manifestou a favor de Marquinhos Trad (PSD). Indo, segundo ele, contra uma orientação do partido em apoiar Rose Modesto.

“Não concordei com isso desde o início. Tenho uma amizade muito grande com a família Trad. No primeiro turno não fiz campanha para ninguém. Deixava livre para as pessoas que me apoiavam votarem em quem quisessem. Agora no segundo turno não tem como não se posicionar e eu defini pelo Marquinhos”, conclui.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions