ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 22º

Política

Saiba onde consultar local de votação pelo aplicativo ou site do TRE

Esse ano, alguns locais de votação sofreram alterações. Com isso, é importante ficar atento às mudanças

Karine Alencar | 27/09/2022 13:49
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Votação em 2018, na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho. (Foto: Arquivo) 
Votação em 2018, na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho. (Foto: Arquivo)

Faltam apenas cinco dias para os eleitores irem às urnas. Com isso, é importante ficar atendo aos locais de votações, como a zona e seção, que podem ser consultados por aplicativo ou site.

No dia domingo (2), cerca de 2 milhões de pessoas votarão em Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira (27), a Justiça Eleitoral disponibilizou canais pelos quais o eleitor poderá fazer a pesquisa antes de sair de casa.

Um deles é o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), lá é possível ver as informações e endereço onde o eleitor deve ir, através deste link. Outra plataforma é o e-Título, aplicativo móvel gratuito para celulares, é só clicar aqui, baixar, entrar no aplicativo e no menu principal, escolher a opção “Onde Votar”.

Depois, uma nova tela se abrirá com os dados, além disso, um mapa será mostrado ao fundo, e indicará uma rota até o local para facilitar a chegada. No site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), também é possível conferir, veja.

Ao acessar, é necessário clicar em “Autoatendimento do Eleitor”, disponível no alto do menu “Eleitor e Eleições”. O menu oferece uma série de serviços remotos, diretamente pelo computador, para que não seja necessário sair de casa. Neste caso, para realizar a consulta, basta clicar no ícone “Onde Votar” e preencher o formulário disponível com as mesmas informações pessoais para obter os dados do local de votação.

Mudanças- Esse ano, alguns locais de votação sofreram alterações em Mato Grosso do Sul, por diversos motivos, como reformas. Há três dias, a Justiça Eleitoral reforçou a lista de zonas eleitorais para que a população possa estar atenta e exercer seu direito ao voto.

Nos siga no Google Notícias