A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/08/2013 15:00

Salute e Megaserv “debocham” de vereadores e não comparecem na CPI

Edivaldo Bitencourt e Lidiane Kober
Vereadores recebem justificativa de ausência e se revoltam com motivos (Foto: Marcos Ermínio)Vereadores recebem justificativa de ausência e se revoltam com "motivos" (Foto: Marcos Ermínio)

Os representantes das duas empresas contempladas com contratos emergenciais da Prefeitura de Campo Grande, Salute Distribudora de Alimentos e Megaserv, não compareceram para prestar depoimento, na tarde desta quinta-feira (8), na CPI do Calote da Câmara Municipal. Na justificativa, os empresários “debocharam” dos vereadores para justificar a ausência.

Os mais ousados foram os donos da Salute, Érico Chezini Barreto e Aldoir Luís Czizeski, microempresa criada em 1º de abril deste ano com capital social de R$ 50 mil e contemplada com um contrato emergencial no valor de R$ 4,3 milhões. Eles alegaram que não estão com nenhum crédito pendente na Prefeitura e nem tinham conhecimento de outra empresa com pendência financeira.

Como não tinham nenhum tostão a receber do prefeito Alcides Bernal (PP), eles não viram motivo para atender a convocação da CPI do Calote. “Temos certeza de que houve um equívoco”, justificaram os empresários.

A resposta, que chegou às 12h05 de hoje, assustou o presidente da CPI. “Para minha surpresa quase tive uma congestão, estava almoçando às 12h05, quando recebi a justificativa da empresa”, alegou Paulo Siufi (PMDB).

O presidente da Megaserv, Marcos Marini, adotou uma justificativa diferente, mas que espantou até o líder do prefeito no legislativo, Marcos Alex (PT). Ele disse que só pode comparecer à CPI do Calote no fim deste mês, quando termina o tratamento de saúde. “Engraçado que a doença tem prazo para acabar”, ironizou Alex, que sempre defendeu as transações feitas por Bernal, incluindo-se os contratos emergenciais.

Marini, que firmou outro contrato milionário e vem recebendo em dia do prefeito Alcides Bernal, também não se preocupou em apresentar justificativas da falta. Ele nem ao menos especificou de qual doença sofre ou encaminhou um atestado médico.

“Parece que a doença tem tempo para acabar”, afirmou o relator da CPI do Calote, vereador Elizeu Dionísio (PSL).
Nem fantasma – O “calote” das empresas revoltou os parlamentares. Siufi disse que a Salute foi convocada porque funciona em uma sede sem ninguém. “Fomos três vezes na sede, não tinha uma viva alma, nem fantasma estava na sede da Salute”, afirmou o presidente da CPI.

Dionísio chegou a defender uma nova CPI só para investigar a Salute ou os contratos emergenciais. Apesar da CPI ter poder para convocar quem quiser, o parlamentar “caiu” na sugestão da Salute de que não tinha motivos para investigar a empresa. “Vamos criar uma outra CPI para acabar com a celeuma”, propôs Dionísio.

Após muita polêmica e da ameaça de convocar o prefeito ontem, os membros da CPI do Calote acabaram acatando as justificativas, apesar da falta de fundamentos técnicos.

Eles aprovaram nova convocação da Salute para a próxima segunda-feira, às 14h. Alex até se propôs a convencer o prefeito a mandar as empresas prestarem contas dos contratos firmados com a prefeitura.

CPI do Calote convoca, por meio de edital, Salute para depoimento amanhã
Como não conseguiu notificar pessoalmente os proprietários da Salute Distribuidora de Alimentos, a CPI do Calote publicou, na edição de hoje do Diári...
CPI da Inadimplência ouve nesta 6ª feira representantes da Total e Megaserv
A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Inadimplência, instaurada na Câmara Municipal para apurar a suposta inadimplência do Executivo com forne...


Pena nossos vereadores não saberem usar a legislação em vigor. Fazem uma CPI para desviar o foco de outras atividades e acabam caindo no ridículo. Tenho lido o Regimento da Câmara dos Vereadores e a constituição Municipal e vejo que está faltando muito conhecimento aos vereadores. Eles tem o poder de polícia e não estão usando. Conversando com um Vereador sobre a cassação do Bernal, ele disse que os vereadores não tem como fazer e depende muito da manifestação popular. Isso é ridículo!!! Vereadores vamos debruçar no Regimento da Câmara, Constituição Municipal e Federal só assim não colocarão a carroça à frente dos bois.
 
Roberto Ferreira em 09/08/2013 09:44:09
Piada pronta: "Empresa criada em 1º de Abril...". Queriam o quê? Que fosse de verdade?
 
Rodrigo Silva em 09/08/2013 09:14:09
É isso ai mesmo, o Carlos Magno tem toda razão. Se não tem moral e nem competência vai cobrar como heim!!!!!
 
jose carlos em 09/08/2013 08:14:42
os vereadores estão sem moral, depois das caçassão
 
eraldo a bento em 09/08/2013 07:19:32
Não e possivel que os vereadores vão acatar isto, estão debochando do poder legislativo, e o prefeito esta apostando que isto não vai dar em nada, e o que esta aqui não é julgar o moral de um e de outro e sim fazer a lei ser comprida ou a população vai ter que ir a rua mostrar para o prefeito que tem poder
 
Marcos Alves em 08/08/2013 21:03:05
Tenho certeza que na administração anterior não havia nenhuma empresa de fachada.
 
Tereza Cunha em 08/08/2013 20:49:49
Que crédito tem essa CPI? Quem investiga é o MP e a Polícia Civil...
 
Mario Lopes em 08/08/2013 19:25:30
Indecência escancarada, fácil de analisar.
 
Vilton Vera em 08/08/2013 17:53:16
ISTO É BRINCADEIRA??? OU TODOS SÃO FARINHA DO MESMO SACO??????
 
ELY MONTEIRO em 08/08/2013 17:34:34
que feio para os vereadores, tão sem moral.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 08/08/2013 17:13:02
Gente, para com isso, não perceberam que isso não vai dar em nada. Aprovaram uma nova convocação para segunda-feira às 14:00 horas. Se não deram a mínima para os vereadores hoje irão se preocupar em aparecer na segunda. Não estão nem aí para com essa CPI.
 
CARLOS LOPES SIQUEIRA em 08/08/2013 17:08:43
Quando eu digo que é um absurdo e que ninguem faz nada para brecar o furacão Bernal, eu não to só brincando, nossos politicos são amorais, não tem moral para intimar alguns reles "empresarios" de fachada para uma CPI que até então a população achava que era séria.
Mas por favor, chega de vergonha senhores vereadores, quero ver qual vai ser a providencia, Sr. Paulo Siufi, como fica seu prestigio nesta situação?
 
moacir cafaro em 08/08/2013 16:47:11
Está mais que na cara que isso tudo é armação. Não compareceu porque tem coisa errada... Eu acho que os vereados tem que pegar mais pesado com esse "povinho" mesmo...
 
Luciano Roda em 08/08/2013 16:21:15
Os supostos empresários debocham da camara de vereadores porque a camara não tem nenhuma credibilidade. Já está provado que essas empresas são apenas de fachada, criadas para um único governo, o do bernal, e os vereadores ficam brincando de comissão de inquérito. Já passou da hora de pedir o impeachment e só não o fizeram para valorizar .
 
daniel ferrari em 08/08/2013 16:12:26
E os vereadores estão espantados porque? eles já sabem que tudo vai acabar em "PIZZA", basta ler as declarações do ilustre "prefeito" Bernal, que ele não está nem um pouco preocupado que tem todos a seu favor e que está cuidando pessoalmente do assunto. Uma câmara de vereadores que fosse séria já teria tomado aS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS, mas como tudo em política é um mercado de troca de favores, Alcides Bernal não está nem aí para os desmandos que realiza, afinal vai acabar em PIZZA mesmo.
 
eloisa fernandes em 08/08/2013 16:07:01
Olha, ao meu ver cheira mais maracutaia, paga as novas, que escancaradamente foram montadas pra suprir na "emergencia"a prefeitura,
 
Caio Prado em 08/08/2013 15:40:23
Eles devem ter usado a lógica de que os vereadores não tem moral para cobrar ninguém.
 
Carlos Magno em 08/08/2013 15:24:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions