A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/09/2009 15:36

Schimidt diz que tem fila para substituir deputados

Redação

Ligado ao deputado federal Dagoberto Nogueira e amigo do ex-governador Zeca do PT, o interventor do PDT em Mato Grosso do Sul, João Leite Schimidt, disse, nesta quinta-feira, que as portas do PDT estão abertas para os deputados estaduais saírem e que já tem até fila de interessados em se filiar ao partido para disputar cadeiras na Assembleia Legislativa. "Eu não vou pedir para sair e não vou pedir para ficar", afirmou.

Apesar da declaração, Schimidt disse que o partido não irá reivindicar o mandato de nenhum deputado que decida deixar o partido. Isso deverá ser feito pelos suplentes. "Acho que a migração é do pluripartidarismo, mas os suplentes podem reivindicar", afirmou.

Schimidt afirmou ainda que os deputados estaduais que ficarem no partido não terão prioridade para serem candidatos à reeleição. "Ninguém é mais prioridade no PDT", disse. No entanto, admitiu uma exceção: Dagoberto, que tem interesse de disputar o Senado em uma coligação encabeçada pelo ex-governador Zeca.

Ontem, o deputado estadual Ary Rigo, presidente destituído do partido, havia afirmado que não deixará a legenda. O partido hoje está dividido entre os grupos de Rigo e o de Dagoberto e Schimidt.

Com quatro deputados estaduais, o PDT tem uma das maiores bancadas da Assembleia Legislativa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions