A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/08/2014 18:47

Se eleito, Delcídio promete ampliação de rede de proteção à mulher

Ludyney Moura
Candidato ao governo, Delcídio promete ampliar a rede de proteção à mulher no Estado. (Foto: Marcelo Calazans) Candidato ao governo, Delcídio promete ampliar a rede de proteção à mulher no Estado. (Foto: Marcelo Calazans)

Na semana em que o Brasil comemora os oito anos de vigência da Lei Maria da Pena, que tornou crime a violência doméstica, o candidato do PT ao governo estadual, senador Delcídio do Amaral, prometeu ampliar a rede de proteção à mulher, para tirar Mato Grosso do Sul do quinto lugar no ranking dos Estados com maior índice de assassinatos passionais.

“É necessário criar uma política de enfrentamento à violência contra as mulheres. Atualmente existem apenas duas Casas Abrigo, uma em Campo Grande, onde são atendidas 10 mulheres, e a outra em Dourados, com capacidade para atender apenas seis mulheres. Isso é muito pouco, diante do grande número de casos de agressão registrados diariamente na capital e no interior do Estado”, ponderou Delcídio.

Em seu plano de governo, o candidato prometeu garantir o funcionamento em regime de plantão 24 horas das DEAM's (Delegacias Especializadas de Atendimento a Mulher), e quer ampliar o número de Casas Abrigo, além de implementar uma Casa de Passagem, um local para que a mulher vítima de violência doméstica possa reestrutura a vida.

De acordo com o senador, as mulheres que sofrem agressões e são impossibilitadas de continuar morando em suas casas, são encaminhadas aos abrigos, e recebem, por um período de três meses, atendimento psicossocial e jurídico.

Atualmente, 12 municípios do Estado contam com uma delegacia da Mulher, mas apenas a Capital possui uma unidade especializada na questão, e o atendimento às vítimas é feito no horário comercial, das 8h da manhã às 18h, o que, para Delcídio, dificulta a localização e a prisão dos agressores que cometem o crime em horários que impedem a vítima de procurar a polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions