A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

22/03/2018 12:51

Segue para sanção projeto que agiliza promoções na Polícia Civil

Projeto teve acordo das lideranças para ser votado em definitivo na Assembleia

Leonardo Rocha
Policiais civis foram até a sessão acompanhar a votação (Foto: Leonardo Rocha)Policiais civis foram até a sessão acompanhar a votação (Foto: Leonardo Rocha)

Os deputados aprovaram, em segunda  votação, o projeto que agiliza e vai dar mais dinâmica para a promoções dos policiais civis, em Mato Grosso do Sul. Foram mudados os critérios e tempo para ascensão profissional, atendendo um pedido de vários anos da categoria.

O presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Giancarlo Miranda, explicou que antes o tempo para promoção era de dois anos, mas que agora vai se mudar de forma “radical” a forma da seleção, que antes tinha o modelo de pirâmide, sendo escolhidos por merecimento.

“Da maneira atual essa promoção acaba ficando muitas vezes por indicação, além disto apesar de ser dois anos (tempo), se não tiver vagas não acontece”, disse Miranda. A nova lei aumenta o tempo para cinco anos, porém se o policial atender os critérios estabelecidos , vai garantir a promoção, independente da quantidade de vagas.

Agora os policiais terão que ter uma conduta ilibada, não ter sofrido punições, se houver condenações precisa estar reabilitado, além de passar por cursos e avaliações. “Não tem mais quantidade de vaga, se preencher estes requisitos será promovidos”, explicou Giancarlo.

O projeto enviado pelo governo estadual recebeu seis emendas, para adequação do tempo e algumas mudanças em função da legislação. “Todas as alterações passaram pela avaliação da Acadepol (Academia da Polícia Civil) e Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de MS)”, garantiu o relator do projeto na CCJR, o deputado José Carlos Barbosa (PSB).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions