A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/01/2015 18:51

Sem passar por estadual, Olarte articula com nacional do PSD mudança de partido

Prefeito vai se encontrar com secretário geral do partido na quinta

Juliene Katayama e Kleber Clajus
Olarte diz que ida ao PSD nacional é para tratar de assuntos administrativos (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Olarte diz que ida ao PSD nacional é para tratar de assuntos administrativos (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), vai almoçar com o secretário geral do PSD nacional, Saulo Queiroz, na próxima quinta-feira (22). O progressista pode estar dando o primeiro passo para mudança de partido, mesmo sem ter conversado com o diretório no Estado.

“Começo a conversar com a nacional do PSD, que comanda o Ministério das Cidades. Como tenho muita coisa encaminhada e outras andando eu preciso estreitar [o relacionamento] para o bem da nossa cidade, para que todos os recursos continuem vindo. Se for preciso vou onde o Kassab [estiver]”, afirmou Olarte.

Apesar da movimentação de Olarte, o prefeito ainda não conversou com o presidente regional do partido, proprietário do jornal Correio do Estado, Antonio João Hugo Rodrigues. “Não falou nada comigo não”, ressaltou o dirigente.

O presidente acredita que o progressista vai à Brasília conversar com o ministro (Cidades) e não dirigente, Gilberto Kassab. “Olarte foi conversar com o ministro Kassab que é das Cidades o Ministério mais mais simples para conseguir recurso”, explicou.

No entanto, Antonio João não esconde a articulação política do secretário geral, com quem Olarte vai se encontrar na quinta-feira. “Quem está articulando é o Saulo Queiroz que vai ajudar a montar o PL (Partido Liberal)”, afirmou.

Na avaliação do dirigente, a escolha de Olarte vai ser baseada de conseguir a reeleição. “Olarte quer um partido que o transforme em candidato a prefeito”, alfinetou. O prefeito disse que já recebeu vários convites de partido, mas a definição deve ficar mais para frente. “Vários partidos estão convidando. Daqui dois meses vamos ver essa questão”, finalizou Olarte.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions