A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/04/2016 12:50

Senado elege nesta tarde os integrantes da comissão de impeachment

Leonardo Rocha
Senadores elegem nesta tarde os integrantes da comissão especial (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Senadores elegem nesta tarde os integrantes da comissão especial (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

O Senado Federal elege nesta tarde (25), a partir das 14h, os 21 integrantes que irão fazer parte da comissão especial de impeachment. Com a confirmação dos nomes, a primeira reunião do grupo deve ocorrer amanhã (26), a partir das 10h, onde vai se definir o presidente e relator. 

De acordo com jornal Folha de São Paulo, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB), o mais velho da comissão e provável presidente, ficou responsável por convocar a primeira reunião da comissão, que será feita na terça-feira.

O impasse no momento é sobre a escolha do relator, já que o nome indicado pela oposição é do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG).

A base da presidente contesta esta escolha, no entanto estando em minoria, com apenas cinco votos, deve ser derrotada. Os petistas não querem ver os tucanos a frente da relatoria, que vai fazer o parecer da comissão e o relatório final sobre o processo de impeachment, no Senado Federal.

O provável presidente da comissão adiantou que o parecer deve ser apresentado e votado pélo grupo no dia 9 de maio, último dos dez dias úteis previstos. Sendo que a previsão é que no dia 12 do mesmo mês, o plenário avalie se o processo vai ser aberto. Caso haja 41 dos 81 votos favorável, a presidente Dilma Rousseff (PT) é afastada por 180 dias.

Depois se inicia a segunda fase, que haverá defesa e coleta de provas, sendo que então o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, assumirá a condução do processo. Depois de todos os trâmites, então será feito o julgamento no plenário, onde são necessários 54 dos 81 votos, para se aprovar o impeachment.

Indicados:

PMDB (5 vagas)

Raimundo Lira (PB)
Rose de Freitas (ES)
Simone Tebet (MS)
José Maranhão (PB)
Waldemir Moka (MS)

Bloco da oposição (PSDB, DEM e PV, 4 vagas)

Aloysio Nunes (PSDB-SP)
Antônio Anastasia (PSDB-MG)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)

Bloco de Apoio ao Governo

Lindbergh Farias (PT-RJ)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
José Pimentel (PT-CE)
Telmário Mota (PDT-RR)

Bloco Moderador (PTB, PR, PSC, PRB e PTC, 2 vagas)

Wellington Fagundes (PR-MT)
Zezé Perrella (PTB-MG)

Bloco Democracia Progressista (PP e PSD, 3 vagas)

José Medeiros (PSD-MT)
Ana Amélia Lemos (PP-RS)
Gladson Cameli (PP-AC)

Bloco socialismo e democracia (PSB, PPS, PC do B e Rede, 3 vagas)

Fernando Bezerra (PSB-PE)
Romário (PSB-RJ)
Vanessa Grazziotin (PC do B-AM)

Na véspera de impeachment, políticos atuam até no feriado
Com coragem – Ontem cedinho já tinha mensagem do ex-governador André Puccinelli (PMDB), em seu perfil no Facebook, em alusão ao Dia de Tiradentes. Le...
Veja o passo a passo do processo do impeachment no Senado
Após receber a resolução da Câmara autorizando a abertura do impeachment e fazer a leitura da denúncia e da autorização da Câmara no Senado, veja aba...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions