A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/03/2015 12:09

Servidores esperam pagamento à vista para aderir a aposentadoria incentivada

Com esta adesão, Assembleia poderá ampliar vagas de concurso

Leonardo Rocha
Faltam detalhes para acordo sobre aposentadoria incentivada, que vai ampliar vagas para concurso (Foto: Roberto Higa/ALMS)Faltam detalhes para acordo sobre aposentadoria incentivada, que vai ampliar vagas para concurso (Foto: Roberto Higa/ALMS)

Os servidores da Assembleia Legislativa que preenchem os critérios para aposentadoria incentivada, projeto apresentado pela Casa de Leis, esperam a resposta da Mesa Diretora para que possam receber à vista o pagamento da indenização e não em oito parcelas, como defende a proposta inicial. Com esta adesão, o legislativo estadual poderá ampliar o número de vagas para seu primeiro concurso público.

“A intenção é que ao invés de receber o valor em oito parcelas, gostaríamos que fosse feito o pagamento a vista, o presidente da Assembleia (Junior Mochi), ficou de nos dar uma posição pela escolha do banco, esperamos uma resposta para acertamos estes detalhes”, disse o presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia, Nailor Vargas Marcondes.

De acordo o dirigente, 74 servidores já poderão aderir a este programa de imediato, além de contar com mais 29 que irão preencher os critérios em dezembro deste ano. “Já colocamos esta situação para a Mesa Diretora, que vai ampliar o prazo de adesão ao projeto até o final do ano”, pontuou.

Concurso Com esta adesão de mais de 100 servidores a aposentadoria incentivada, o presidente do sindicato ressaltou que o concurso da Assembleia poderá ter mais de 200 vagas disponíveis, preenchendo serviços e funções que hoje faltam na Casa de Leis.

O dirigente apontou a necessidade de profissionais como administrador de legislador, advogado, economista, técnico parlamentar, técnico de cerimonial, bibliotecário, arquiteto, jornalista, publicitário, analista de sistema, recursos humanos, redator, assim como outras áreas de técnico de telecomunicação, eletricista, fotógrafo e demais profissionais.

“Já existe um diagnóstico dos cargos e planos de carreiras aos servidores da Assembleia, em lei de 28 de setembro de 2011, que mostra as funções que precisa na Casa de Leis, assim como o quantitativo de vagas”, explicou Nailor.

Projeto - A proposta diz que os servidores que atenderem aos critérios para aposentadoria, poderão aderir ao programa e receber título de indenização no valor mensal líquido da remuneração do servidor, por um prazo de seis meses, sendo responsabilidade do pagamento da Assembleia Legislativa, com as despesas advindas de dotação orçamentária própria.

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB) ressaltou que estas vagas abertas serão preenchidas com concursados, trazendo assim profissionais para serviços e funções técnicas, em áreas que se exige uma qualificação maior.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions