ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 32º

Política

Sessões legislativas retornam no dia 30; Câmara pauta 18 vetos para votação

Assembleia também pautou quatro propostas para análise dos deputados estaduais

Por Gabriela Couto | 23/03/2021 19:21
Câmara Municipal terá 18 vetos para análise no retorno das atividades legislativas no dia 30 de março (Foto Divulgação)
Câmara Municipal terá 18 vetos para análise no retorno das atividades legislativas no dia 30 de março (Foto Divulgação)

Por conta da pandemia da covid-19 a Câmara Municipal e a Assembleia Legislativa decidiram suspender as atividades nesta semana para auxiliar nas medidas de restrição de circulação de pessoas em Campo Grande.

As duas Casas de Leis já pautaram os projetos que serão analisados na retomada das sessões ordinárias, ambas no dia 30 de março.

Os vereadores terão que analisar 18 vetos do prefeito Marquinhos Trad (PSD). Dois deles são parciais, o restante todos totais. Vale destacar que parte das matérias se refere a propostas de vereadores da legislatura passada.

A principal a ser analisada é a retirada das emendas da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021. O Executivo vetou 71 propostas das 113 anexadas ao texto original.

Também serão analisados alguns vetos totais de projetos polêmicos. Um deles é do ex-vereador André Salineiro (Avante), que proibia os flanelinhas cuidando de carros em Campo Grande. Ele ainda teve o veto total do texto que previa a instalação de câmeras de monitoramento de segurança nas escolas públicas.

A proposta do ex-vereador Dr Lívio Leite (PSDB) que implantaria políticas e diretrizes para a área de homeopatia na capital também foi vetada e colocada para análise do plenário.

Outro projeto vetado foi do vereador João César Mattogrosso (PSDB) que previa a identificação por biometria facial de alunos da rede pública municipal.

Na Assembleia será colocado em votação a proposta de Mara Caseira (PSDB) para homenagear o ex-deputado Onevan de Matos (PSDB) que faleceu vítima de covid no ano passado.

Ela quer denominar o trecho da rodovia MS 290 que liga a sede de Naviraí, base eleitoral do ex-deputado, até o entroncamento da MS 180.

A Mesa Diretora também colocou na ordem do dia uma proposta de Decreto Legislativo que prorroga a calamidade pública no município de Nova Alvorada do Sul, por conta da pandemia.

Já o deputado Capitão Renan Contar (PSL) terá o projeto que dispõe sobre o acesso à informação em Mato Grosso do Sul. E o deputado Marcio Fernandes (MDB) apresenta o projeto que cria o “Dia Estadual do Protetor dos Animais”.

As duas sessões começam às 9h e são transmitidas ao vivo pelos canais das redes sociais das casas legislativas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário