A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/05/2014 13:05

Simone diz que “jogo mudou” e que PMDB está com time à frente dos demais

Leonardo Rocha
Simone ressaltou que PMDB está na frente dos adversários, pois definiu pré-candidatos ao governo e Senado (Foto: Cleber Gellio)Simone ressaltou que PMDB está na frente dos adversários, pois definiu pré-candidatos ao governo e Senado (Foto: Cleber Gellio)

A vice-governadora e pré-candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB), afirmou que após o veto do PT na aliança com o PSDB, o cenário político em Mato Grosso do Sul mudou e que este neste momento o PMDB está a frente dos adversários, já que tem pré-candidatos ao governo e Senado definidos.

“A política é dinâmica, agora o jogo mudou, temos que aguardar as definições dos adversários, estamos na frente já que definimos os pré-candidatos, os outros ainda não, além disto, estamos conversando com os demais partidos para formar bloco de aliança”, ressaltou ela.

Simone ressaltou que o pré-candidato Nelsinho Trad (PMDB) já está em contato com outras legendas e que um dos principais argumentos do PMDB é a estrutura para campanha eleitoral. “Ainda não definimos o (candidato) vice, assim como suplência e temos ainda a eleição na proporcional que é essencial aos partidos”.

A vice-governadora ponderou que o PMDB não vai “escolher” adversários, além do fato da própria população estar acompanhamento a formação das alianças.

“Antes se falavam em coligação que não foi possível, depois em aliança informal, que viram que a população não iria entender, até porque os partidos precisam formar as chapas, não há ninguém forte antes da eleição”.

Possibilidade – Apesar do governador André Puccinelli (PMDB) afirmar que vai apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT) para reeleição, Simone afirmou que não está descartada a possibilidade de apoio do PMDB, em Mato Grosso do Sul, ao pré-candidato Eduardo Campos (PSB).

“Não está descartado este apoio, neste momento tudo é possível, a direção estadual do PMDB ainda não definiu e nem discutiu sobre este tema, ainda está aberto”, apontou ela. Um possível apoio a Eduardo Campos em Mato Grosso do Sul, poderia aproximar o PSB do PMDB no Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions