A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

14/05/2018 13:11

Simone indica Moka para ser o relator-geral do Orçamento da União

Com a indicação, o nome de Moka deve ser anunciado na sessão de amanhã (15), em Brasília

Leonardo Rocha
Simone Tebet indicou Moka para assumir a função de relator (Foto: Divulgação)Simone Tebet indicou Moka para assumir a função de relator (Foto: Divulgação)
Senador Waldemir Moka vai ocupar a função de relator do Orçamento (Foto: Divulgação/Agência Senado)Senador Waldemir Moka vai ocupar a função de relator do Orçamento (Foto: Divulgação/Agência Senado)

A senadora Simone Tebet (MDB) indicou o colega de partido e de bancada de Mato Grosso do Sul, o senador Waldemir Moka (MDB), para a função de relator-geral do Orçamento. Ele é quem vai analisar as contas, recursos, despesas e investimentos que o governo federal vai apresentar para o ano de 2019.

Como líder do MDB no Senado, caberia a Simone fazer esta escolha. “Não poderia perder esta oportunidade de indicar um parlamentar de Mato Grosso do Sul, que é experiente e tem respaldo no Senado Federal. Desde que assumi a liderança tinha este compromisso de propor mudanças e fazer diferente dos antecessores”, explicou ela.

Simone ponderou que com Moka na relatoria do Orçamento, Mato Grosso do Sul terá mais chances de ter recursos federais para obras, projetos e programas, que vão ajudar o governo estadual e os municípios. “Os investimentos precisam ser divididos entre os 27 estados, mas agora teremos alguém para olhar pelo nosso Estado”, explicou.

Indicação - A senadora já fez a indicação e mandou o nome de Moka para o presidente do Senado, Eunício de Oliveira (MDB-CE), que deverá ler e fazer o anúncio oficial, na sessão de amanhã (15), no Congresso Nacional. “Fiz minha escolha com a convicção de que será bom ao Estado e todo País”.

O Palácio do Planalto chegou a cogitar o nome do senador Romero Jucá (MDB-RR) para função de relator, mas segundo Simone, o colega de partido já exerce outras funções importantes em Brasília. “Ele está presidindo o partido e ainda é líder do Governo, então natural que eu fizesse outra escolha”.

Moka vai ser o relator do Orçamento que será produzido neste ano, mas vai ser cumprido pelo próximo presidente da República, que vencer as eleições deste ano. A função é essencial para a distribuição de recursos federais para todos os estados.

Entramos em contato com o senador Waldemir Moka, mas ele não atendeu as ligações até o fechamento da reportagem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions