A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

03/04/2013 13:37

Siufi critica Conselho Federal por parecer favorável a liberação do aborto

Helton Verão e Jéssica Benitez
Siufi se mostrou insatisfeito com a posição do CFM sobre o aborto (Foto: Marcos Erminío)Siufi se mostrou insatisfeito com a posição do CFM sobre o aborto (Foto: Marcos Erminío)

O vereador e médico Paulo Siufi (PMDB) utilizou a tribuna hoje (3), durante sessão na Câmara Municipal, para criticar o CFM (Conselho Federal de Medicina) sobre o posicionamento do presidente da entidade, o doutor Roberto Luiz d'Ávila, em não criminalizar as mulheres, caso decidam por interromper a gestação até a 12ª semana.

Essa é uma das propostas previstas na ampliação das possibilidades de aborto, em discussão na reforma do Código Penal Brasileiro, desde ano passado no Senado.

Segundo o vereador, essa postura pode destruir tudo o que um médico constrói e o juramento que eles fizeram foi em prol da vida. “A mulher não tem o direito de matar o bebê que está em seu ventre, mesmo as mais feministas”, argumenta Siufi.

As comissões da Câmara Municipal, tanto da Saúde, que é presidida pelo próprio Paulo Siufi, quanto a da Cidadania e Direitos Humanos, que tem como presidente Elizeu Dionízio, estão posicionadas contra o aborto.

Em Brasília, as declarações do CFM não foram bem recebidas e o presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família Brasileira, senador Magno Malta (PR-ES), repudiou a manifestação do conselho. 

O sendador pretende enviar um ofício solicitando a presença do presidente do CFM para participar de audiências públicas para discutir o tema tanto na Comissão Especial de senadores que analisa as mudanças no Código Penal, como na Comissão de Direitos Humanos do Senado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions