A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/01/2015 12:10

Tarifaço e apagões são desafios para competitividade, diz Reinaldo

Kleber Clajus e Caroline Maldonado, enviada especial a Maracaju
Mesmo em cenário negativo, governador mantém promessa de redução de impostos (Foto: Caroline Maldonado)Mesmo em cenário negativo, governador mantém promessa de redução de impostos (Foto: Caroline Maldonado)

Aumento de impostos federais e falhas no sistema elétrico foram apontadas pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta quarta-feira (21), como “vilões” da competitividade do Estado. Participando da 19ª edição da Showtec, em Maracaju, o tucano destacou o investimento em pesquisa como soluções para reverter quadro negativo.

“Se hoje temos produção para exportar devemos a área da pesquisa, mas precisamos melhorar muito. Temos problema da energia com apagões e precisamos ser eficientes, ainda mais que estamos tendo esse tarifaço que afeta diretamente todas as cadeias produtivas”, pontuou Azambuja, assegurando que mantém estudo para redução de impostos estaduais.

Na segunda-feira (19), o calor associado ao aumento do consumo de energia elétrica e falha na transmissão levou o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) autorizar “apagão” que atingiu Mato Grosso do Sul, dez Estados e o Distrito Federal. Já no fim da tarde, o Governo Federal anunciou também retorno da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina, acompanhada da elevação de impostos para crédito pessoal, industrializados e atacado de cosméticos.

Conforme o governador, o momento é de reduzir custos, porém ele não descarta estabelecer desonerações como para o óleo diesel, de até 17%, a fim de assegurar competitividade ao setor produtivo e logístico. “Temos terra fértil, clima bom e com parcerias vamos trabalhar pelo desenvolvimento”.

Em termos de infraestrutura, a intenção de Azambuja também inclui a conclusão do passivo de obras inacabadas de R$ 500 milhões, trocar pontes de madeira por concreto e investir na reativação de portos e ferrovias para o escoamento da produção.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions