A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/10/2009 15:48

TCE manda ex-vereadores de Amambai devolverem R$ 47 mil

Redação

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) determinou que os nove vereadores de Amambai (347 km de Campo Grande) devolvam aos cofres municipais R$ 47.227,05, referente a subsídios que teriam sido recebidos indevidamente. A decisão é do conselheiro Osmar Ferreira Dutra e foi aprovada na sessão desta terça-feira da 1ª Câmara do TCE.

Essa decisão é resultado de uma inspeção ordinária feita no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2006. A equipe técnica da 6ª Inspetoria Geral de Controle Externo constatou que os subsídios (salários) dos vereadores eram pagos em valor maior.

Segundo o TCE, apenas o ex-presidente da Câmara Municipal, Gilmar de Almeida Vicentin, apresentou justificativas que, no entanto, "não sanaram as irregularidades".

O cálculo para o salário dos vereadores havia sido feito a partir do subsídio de um deputado estadual, que recebia R$ 15.502,50. No entanto, a informação do TCE é de que esse valor estaria errado, acima do teto de 75% do subsídio de deputado federal, que à época recebia R$ 13 mil.

Para o TCE, os vereadores deveriam receber o equivalente a 30% do deputado federal, ou seja, até de R$, 2.925,00. Na prática, cada um deles recebeu R$ 5.247,45 a mais no exercício.

Cada um dos nove vereadores terá 30 dias para devolver o montante, mas o ex-presidente ainda pode pedir revisão ou reconsideração.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions