A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/02/2011 16:50

Tesoureira é acusada de desviar R$ 670 mil da Prefeitura de Rio Brilhante

Paulo Fernandes

Auditoria será instalada na administração municipal.

Após 18 anos trabalhando com o prefeito Donato Lopes, a tesoureira Rosélia Machado foi demitida na última sexta-feira da Prefeitura de Rio Brilhante, acusada de desviar R$ 670 mil dos cofres públicos. “Foi a maior tristeza, uma traição”, disse o chefe do Executivo.

De acordo com Donato, a tesoureira desviava recursos da prefeitura há mais de um ano. “Ela desviava de R$ 30 mil a R$ 40 mil por mês, desde outubro de 2009”, afirma.

O prefeito contou que começou a suspeitar da tesoureira quando percebeu que o padrão de vida dela mudou.

Mas o esquema só foi descoberto porque em dezembro ela tirou férias. “Se ela não tivesse entrado de férias, até hoje não teríamos descoberto”, disse o prefeito.

Donato entrou com uma ação judicial com pedido de liminar para bloquear os bens da ex-servidora comissionada.

Agora, a Prefeitura contratará uma auditoria externa. “Quem participou ou foi negligente vai ser afastado”, garante o prefeito.

Ainda hoje, Donato Lopes irá para a Câmara Municipal prestar satisfação aos vereadores da base aliada.

Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions