A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

02/01/2017 15:36

Transição foi mentirosa e situação da prefeitura é de recomeço, diz Peluffo

Paulo Nonato de Souza
O prefeito de Ponta Porã, Helio Peluffo, na solenidade de posse ao lado do vice-prefeito Caio Augusto (Foto: Assessoria)O prefeito de Ponta Porã, Helio Peluffo, na solenidade de posse ao lado do vice-prefeito Caio Augusto (Foto: Assessoria)

O prefeito de Ponta Porã, Helio Peluffo(PSDB) disse que ao assumir o cargo nesta segunda-feira encontrou a Prefeitura mergulhada em uma realidade financeira e administrativa das mais complicadas, e fora o fato de os salários e o 13º dos servidores estarem em dia, a situação é de recomeço e exigirá não apenas vontade política, mas força e capacidade de articulação para recolocar o município nos trilhos.

“Vamos ter que refazer tudo, mas felizmente os desafios existem para serem vencidos, porque estou encontrando uma Prefeitura muito longe de ser equilibrada, muito ao contrario disso. Tivemos uma transição cordial com a equipe do ex-prefeito (Ludimar Novais), porém, extremamente superficial e mentirosa. Os números que nos passaram não são verdadeiros. Nada, ou quase nada bate com o que nos passaram, exceção apenas da Educação e da Previdência”, disse o prefeito Helio Peluffo em entrevista há pouco ao Campo Grande News, por telefone.

Segundo ele, neste primeiro momento a prioridade será organizar a situação financeira da administração municipal para depois começar a colocar em prática seu plano de desenvolvimento para Ponta Porã.

“A gestão passada agentou pagamentos com o dinheiro da repatriação repassado pelo Governo Federal (cerca de R$ 3,3 milhões), mas temos que saber quais foram os critérios desses agendamentos, os salários dos servidores estão em dia, mas precisamos saber se os encargos foram todos pagos, como obrigações patronais, INSS, e também temos que conhecer a realidade dos consignados. Como eles nos passaram números mentirosos, minha equipe já está apurando tudo isso de forma criteriosa”, comentou.

Sobre cortes de gastos, Helio Peluffo disse que iniciou sua ação neste sentido pela redução de três secretárias e extinção de quatro coordenadorias. Serão oito secretarias – Governo e Comunicação, Fazenda, Administração, Educação, Assistência Social, Obras, Meio Ambiente e Saúde – além da Procuradoria Geral, Previporã, Funcespp (Fundação de Cultura, Esporte e Lazer) e Habitação.

“Também vamos reduzir o número de cargos de confiança em pelo menos 70%. Vou trabalhar mais com efetivos e concursados, e trazer de volta os funcionários cedidos. Iremos avaliar isso com bastante critério”, garantiu o prefeito.

CONFIRA O SECRETARIADO:

Procurador Geral do Município - Ricardo Soares Sanches

Secretaria de Governo e Comunicação - Eduardo Campos

Secretaria de Fazenda - Fabrício Cervieri

Secretaria de Administração - Dulce Manosso

Secretaria de Educação - Maria Leny Antunes Klais

Secretaria de Assistência Social - Vera Lúcia de Oliveira

Secretaria de Obras - André Manosso

Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente - Daniel Valdez Puka

Secretaria de Saúde - Patrick Derzi

Diretor Previporã - Fábio Caffarena

Funcespp - Hugo Costa

Agência de Habitação - Dário Honório

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions