A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/09/2010 17:00

TRE apreende documentos em posto por compra de votos

Redação

O Disque-Denúncia da Justiça Eleitoral recebeu, nesta tarde, denúncia de distribuição de combustível por candidatos no posto que fica na avenida Coronel Antonino, em Campo Grande.

O juiz eleitoral Fernando Campos confirmou o recebimento da denúncia e a determinação de fiscalização.

Uma equipe do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), acompanhada de policiais militares, está no local, onde há pelo menos 20 veículos, metade deles com adesivos de candidatos.

Os fiscais apreenderam cerca de 10 documentos de veículos e tíquetes que seriam distribuídos às pessoas em troca da adesivagem do carro. Seis veículos também foram obrigados a seguir em comboio até a sede do TRE e podem ser apreendidos.

O Campo Grande News apurou que documentos de 10 carros teriam sido apreendidos e levados para a Polícia Federal, a quem cabe apurar crimes eleitorais.

Durante a movimentação, motoristas de carros adesivados que chegavam ao local saiam ao ver a presença dos fiscais e da Polícia que ainda permanece no posto.

Nos veículos, podem ser vistos vários adesivos do candidato ao Senado Dagoberto Nogueira (PDT), ao lado de Delcídio do Amaral.

Na semana passada, já havia sido feita denúncia contra o candidato Dagoberto Nogueira, de distribuição de tíquetes no comitê dele na avenida Mato Grosso, mas não chegou a haver apreensões.

Resposta - Segundo a assessoria do senador Delcídio, nunca houve e não haverá distribuição de combustíveis durante a campanha. Uma prova, segundo a assessoria, é que o CNPJ impresso no adesivo dos carros que foram flagrados e diferente do número usado pela candidatura de Delcídio. A informação também é de que não foram confeccionados adesivos em conjunto com o candidato Dagoberto.

Já o candidato Dagoberto Nogueira diz que têm contrato com cabos eleitorais para abastecimento durante a campanha. Segundo ele, existe documentação que comprova a legalidade.

Irritado, o gerente do posto de combustíveis não deu entrevista.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions