A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/11/2015 11:30

Tribunal nega novo recurso e mantém Mario Cesar afastado da Câmara

Antonio Marques
O presidente afastado da Câmara Municipal, Mário César, sofre mais uma derrota e vai permanecer fora do Legislativo (Foto: Arquivo)O presidente afastado da Câmara Municipal, Mário César, sofre mais uma derrota e vai permanecer fora do Legislativo (Foto: Arquivo)

Por maioria, os desembargadores da Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) rejeitaram, agora de manhã, mais um recurso interposto pelo vereador e presidente afastado da Câmara Municipal de Campo Grande, Mario Cesar (PMDB), que pedia o retorno ao Legislativo.

Com exceção do desembargador Romero Osme Dias Lopes, que havia pedido vista ao processo, os demais magistrados seguiram o voto do relator desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva. A Seção Criminal é composta por nove magistrados.

Dentre os argumentos da defesa do vereador para o pedido de retorno dele à Câmara são de que Mario Cesar tem comparecido a prestar depoimento sempre que notificado pelo Judiciário e pelo MPE (Ministério Público Estadual) e de que não há motivo de se manter o afastamento, já que o peemedebista não tem como atrapalhar as investigações conduzidas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

Mário César está afastado da Presidência da Câmara desde o dia 25 de agosto, quando o Gaeco deflagrou a Operação Coffee Break, que investiga compra de votos dos vereadores, para a cassação do prefeito Alcides Bernal, em março do ano passado. A pedido do MPE, a Justiça o proibiu de se aproximar do prédio do Legislativo Municipal.

O Campo Grande News procurou falar com o advogado de defesa de Mário César, Leonardo Saad, mas o celular deu caixa postal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions