A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/03/2011 10:49

"Vacinado" com a chuva, Trad garante trabalho para recuperar prejuízos

Fabiano Arruda

Prefeito concedeu entrevista na manhã deste domingo

Trad deve definir nesta segunda novas ações contra prejuízos causados pela chuva. (Foto: João Garrigó)Trad deve definir nesta segunda novas ações contra prejuízos causados pela chuva. (Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), disse nesta manhã, no Paço Municipal, que está “vacinado” contra os prejuízos causados pela chuva na Capital.

“Não adianta lamentar. Vamos arregaçar as mangas e trabalhar”, disse o chefe do executivo municipal, questionado sobre as próximas ações da Prefeitura quanto aos danos provocados pela chuva.

Trad revelou que deve receber, nesta segunda-feira, novo levantamento, feito por equipes da Prefeitura, sobre os pontos mais prejudicados com a chuva em Campo Grande.

E, após isso, vai traçar as próximas medidas a serem tomadas por sua administração.

O prefeito deu as declarações no Paço Municipal, enquanto acompanhava os trabalhos da Perícia, que apurou as causas do incêndio registrado no prédio na tarde de ontem.

Estragos - Na tarde de ontem, após cerca de uma hora de chuva ininterrupta, os córregos Prosa, Segredo e Anhanduizinho, transbordaram e causaram prejuízos em diversas regiões da Capital.

Nas avenidas Via Parque e Ernesto Geisel é possível ver marcas da destruição provocada pela força da água.

Na Via Parque, a chuva arrastou muito lixo e danificou trechos do asfalto. Na Ernesto Geisel, a cena é parecida e parte da pista segue interditada por conta dos estragos na margem do Córrego Segredo.

Na divisa dos bairros Monte Castelo e São Francisco, parte Ernesto Geisel desapareceu após o córrego transbordar ontem à tarde.

Trecho da Enersto Geisel nesta manhã, após a chuva de ontem à tarde.Trecho da Enersto Geisel nesta manhã, após a chuva de ontem à tarde.
Chuva acumulou lixo na Via Parque.Chuva acumulou lixo na Via Parque.


Tá ta, ta ta......, já sei onde está indo o dinheiro do IPTU..... aliás todo campograndense já sabe agora trabalha vai....e acaba com essa buraqueira sem fim...
 
Gilmar candido em 14/03/2011 04:35:34
Prefeito,ja esta na hora de honrar o nome do grande Dep Nelson Trad....nao basta ser so honesto,tem que cobrar....o material que utilizam no asfalto é de muito má qualidade,qualquer chuva em nossa cidade ja causa enormes buracos....contrate bons profissionais com material de primeira...e vamos la,estamos contigo
 
Victor Barbosa em 08/03/2011 05:50:18
UMA CHUVINHA DESTAS ACABA COM A CIDADE.
RUAS E AVENIDAS, TODAS ESBURACADAS.
SUJEIRA POR TODO LADO.
TA DIFICIL.TA DIFICIL MESMO.
 
julio cesar em 07/03/2011 11:22:40
é ta duro de viver aqui em cg, estamos igual pato por cima da agua,espero não termos que virar submarino. sabe oque mais me doi.é ver meu dinheiro literalmente ir por agua a baixo nessas obras de recuperação,até quando vão jogar nosso dinheiro fora?ta virando comedia estas obras, exemplo.[ a chuva 1º parte, a avalanche 2ºparte o prejuizo 3ºpart, a solução nas obras,não deu certo, 4ºpart. faremos novamente.5ºpart. quem paga por isso somos nós mas o filme não acabou....tem mais.
 
silvano b benites em 07/03/2011 11:22:40
Kd o muro de arrimo nesta canalização? ñ é necessário ser perito pra ver a má qualidade do serviço, ou ñ foi fiscalizada na hora da execução ou levou por fora alguma coisa MPF neles.
 
Felipe Salinas em 07/03/2011 09:53:20
todo o estrago na av ernesto geisel não é novidade, pois ja se passou mais de 01 ano e nada foi realizado para evitar os desmoronamentos e queda de arvores, é lamentável ver que tem trechos k desbarrancarram no dia 28 de 2010, e só foi colocado manilhas e uma placa escrita trecho em obras, e ninguem trabalhando, e ainda nessa semana cortaram o mato que ajudava asegurar a terra nas margens do corrego, kem mandou cortar hein? era o k estava segurando um pouco...vamos trabalhar sério igual nosso governador andré k o serviço fica decente, e não essa tapeação.
 
luciano borges em 07/03/2011 02:18:31
E quem paga a conta pela incompetência da gestão pública que não consegue se antepor a "previsíveis" intempéries? Lógico: NÓS, OS CONTRIBUINTES!

Nós perdemos, enquanto alguns empreiteiros não têm tempo nem pra desfazer o sorriso pela chuvarada anterior!

... E virão outras obras ineficientes para remendar os estragos...
... E virão as mesmas empreiteiras que "frequentam" as mesmas licitações...
... E virão novos empreendimentos para impermeabilizar as cabeceiras...
... E virão outras chuvas "imprevisíveis" (como tem ocorrido todos os anos)...

... E virão outras contas para o contribuinte...
DEPOIS...
... Virão outros gestores com interesses previsíveis...
... etc... etc... etc!

CREA/MS: Abra as asas da ciência e da competência sobre nós!
Chega de omissão, de conivência e de conformismo!
E chega de pagar, de novo, pela mesma conta!
 
Cícero Roberto Lemos Castelluccio em 06/03/2011 11:34:49
Se a prefeitura não contratar empreiteiras de gabarito essas obras sempre ficaram assim
 
eraldo afonso bento em 06/03/2011 02:07:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions