A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/10/2012 13:07

Vander confirma apoio a Bernal e diz que PT contribuiu para 2º turno

Fabiano Arruda e Luciana Brazil
Vander Loubet e lideranças do PT participam de entrevista na sede do partido nesta segunda. (Foto: Divulgação)Vander Loubet e lideranças do PT participam de entrevista na sede do partido nesta segunda. (Foto: Divulgação)

Em entrevista coletiva na sede do PT nesta segunda-feira, o deputado federal Vander Loubet, que terminou a disputa pela Prefeitura de Campo Grande na quarta posição, confirmou que seu partido apoiará Alcides Bernal (PP) contra Edson Giroto (PMDB) no segundo turno da disputa.

Os petistas disseram considerar uma vitória política a pulverização de candidaturas na Capital (ao todo foram sete) e que se sentem responsáveis pela disputa estar no segundo turno.

A legenda aposta na vitória do progressista na eleição. Loubet garantiu que irá para a rua participar da campanha do candidato do PP e que o partido organizará a forma de atuação.

“Queremos colocar nossa experiência para ajudar”, comentou Vander, revelando que já foi procurado por Bernal.

Ela ainda revelou que o PT vai formar uma comissão para sugerir propostas à candidatura do progressista. Entre as ideias, a saúde será prioridade, mas também estarão presentes a defesa pela redução do IPTU e da tarifa do transporte coletivo urbano.

Para Vander, o lançamento da candidatura de Reinaldo Azambuja (PSDB) à Prefeitura, bem como do vereador Marcelo Bluma (PV), também foram determinantes para o segundo turno.

Sobre as estratégias adotadas pela sigla, Loubet considerou que os métodos estavam corretos, no entanto, admitiu que “Bernal conseguiu atrair (eleitores) com mais competência. Não fomos competentes por uma série de fatores que ainda serão avaliados”, pontuou. Ele recebeu 4,87% dos votos, o que representa 21.377 eleitores.

O senador Delcídio do Amaral (PT), por sua vez, afirmou que a eleição à Prefeitura da Capital “deu um tremendo recado”, de mudança. “E se é mudança, já se sabe para quem é o recado”, atacou. Durante a entrevista, ele ainda se colocou como pré-candidato do partido ao Governo do Estado em 2014. E deve cobrar o apoio do PP, de Bernal, na futura disputa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions