A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/06/2016 11:00

Vereador contraria Zeca e reafirma pré-candidatura a prefeito pelo PT

Alberto Dias
Vereador Marcos Alex reiterou esta manhã (10) sua candidatura a prefeito de Campo Grande pelo PT. (Foto: Fernando Antunes) Vereador Marcos Alex reiterou esta manhã (10) sua candidatura a prefeito de Campo Grande pelo PT. (Foto: Fernando Antunes)

Durante agenda nesta sexta-feira (10), o vereador Marcos Alex (PT) reiterou sua pré-candidatura a prefeito de Campo Grande, contrariando declaração do ex-governador e deputado Zeca do PT, de "possível apoio do partido ao deputado federal, Dagoberto Nogueira (PDT), no pleito eleitoral". Segundo Alex, "até ontem à noite, o lançamento de sua candidatura estava confirmada", em evento previsto para 31 de julho, na Capital.

"Eu sou o pré-candidato a prefeito e tal fato só deve mudar caso a direção do partido decida", declarou, justificando considerar "normal" este debate político, ao relembrar ter feito uma "verdadeira peregrinação" dentro do PT, para conversar com as lideranças antes de se consagrar pré-candidato. "Eu conversei com o Zeca por duas vezes, assim como o (ex-deputado) Cabo Almi e o (deputado) Pedro Kemp e sempre busquei a união dentro do partido", declarou.

O petista considera ter condições de disputar o cargo frente a fortes concorrentes, como Rose Modesto (PSDB), apesar dos 3 mil votos angariados na última eleição que o deixaram como suplente na Câmara Municipal. "Temos o ex-presidente da república Jânio Quadros que era suplente e um prefeito (Alcides Bernal) que também já foi suplente", argumentou, lembrando que já está no quarto mandato e tem experiência política suficiente para uma boa gestão à frente do Executivo.

Zeca do PT - As declarações do deputado federal e ex-governador Zeca do PT foram dadas nesta quinta-feira (9), antes de reunião na Assembleia Legislativa com a bancada estadual do partido - deputados estaduais Amarildo Cruz, João Grandão, Cabo Almi e Pedro Kemp. Na ocasião, Zeca ponderou a possível participação na eleição do deputado Dagoberto Nogueira, com um fato novo relevante.

"Agora ele está livre para dar prosseguimento as questões políticas, se trata de um grande aliado e um nome forte na Capital", disse, lembrando que o parlamentar votou junto com o PT, contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na Câmara Federal. Ainda na esfera federal, Dagoberto foi absolvido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em ação que era acusado de envolvimento em esquema de desvio de cerca de R$ 30 milhões, praticado por empresa contratada na época em que era diretor-presidente do Detran.

"Temos nosso pré-candidato, mas não podemos descartar esta opção. O Dagoberto é uma referência importante no campo popular, podemos inclusive avaliar na frente por meio de pesquisas, qual a melhor possibilidade", completou Zeca. O deputado Amarildo Cruz (PT) também reconheceu que a eleição municipal segue em discussão entre as lideranças do partido.

Zeca do PT renuncia ao mandato de vereador e abre vaga para Alex do PT
O deputado federal eleito Zeca do PT renunciou ao mandato de vereador para assumir a cadeira no Congresso, conforme publicado no Diogrande (Diário Of...
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento da apelação do ex-presidente ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions