A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

09/06/2016 12:39

PT não descarta apoio a Dagoberto na eleição municipal, diz Zeca

Ex-governador fez reunião com a bancada do PT na Assembleia

Leonardo Rocha
Zeca do PT diz que Dagoberto é um nome forte em Campo Grande (Foto: Divulgação)Zeca do PT diz que Dagoberto é um nome forte em Campo Grande (Foto: Divulgação)

Apesar de ter o vereador Marcos Alex (PT), como pré-candidato a prefeito em Campo Grande, as lideranças do PT não descartam um eventual apoio ao deputado federal, Dagoberto Nogueira (PDT), no pleito eleitoral. Foi o que confidenciou o -ex-governador e deputado federal, Zeca do PT, antes de reunião com a bancada estadual do partido.

Zeca foi hoje (09) até a Assembleia Legislativa, para se reunir com os deputados estaduais Amarildo Cruz, João Grandão, Cabo Almi e Pedro Kemp, todos do PT. Na pauta uma discussão sobre a conjuntura política municipal, estadual e federal. "O partido precisa se preparar para os desafios deste ano", disse o ex-governador.

Ele ponderou que em Campo Grande deve se avaliar um fato novo, que é a possível participação na eleição do deputado Dagoberto Nogueira. "Agora ele está livre para dar prosseguimento as questões políticas, se trata de um grande aliado e um nome forte na Capital". Lembrou que o parlamentar votou junto com o PT, contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), na Câmara Federal.

"Temos nosso pré-candidato, mas não podemos descartar esta opção, o Dagoberto é uma
referência importante no campo popular, podemos inclusive avaliar na frente por meio de pesquisas, qual a melhor possibilidade", disse Zeca. O deputado Amarildo Cruz (PT) também reconheceu que a eleição municipal segue em discussão entre as lideranças do partido.

Livre - Dagoberto foi absolvido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) na ação em que era acusado de envolvimento em esquema de desvio de cerca de R$ 30 milhões praticado por empresa contratada na época em que era diretor-presidente do Detran.

Estando livre desta acusação, o deputado volta a constar entre os possíveis candidatos a prefeito em Campo Grande, com o apoio de partidos de esquerda. Ele foi diretor-presidente do Detran e secretário estadual de Justiça, durante a gestão de Zeca do PT, em Mato Grosso do Sul.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions