A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/03/2012 13:37

Vereador de Dois Irmãos é solto após ter processo por homicídio extinto

Aline dos Santos

O alvará de soltura foi expedido pela Justiça porque o crime prescreveu

Preso na última quinta-feira por homicídio ocorrido em 1988, o vereador de Dois Irmãos do Buriti, Edmilson Belizário da Silva (PT), conhecido como Fordão, já está em liberdade. O alvará de soltura foi expedido pela Justiça porque o crime prescreveu.

Legalmente, o crime prescreve em 20 anos. Neste caso, as duas décadas da sentença de pronúncia seriam completadas em 30 de março de 2012. Contudo, conforme a decisão, como o acusado tinha menos de 21 anos à época do crime, em 1988, o prazo de prescrição é reduzido para dez anos. Portanto, o crime em questão prescreveu em 2002.

Edmilson nega ter sido o autor dos três disparos que provocaram a morte de João Pinheiro Dutra, em um bar de Campo Grande. A defesa do vereador alega que houve um erro, porque o processo, inicialmente, tinha como réu Edmilson da Silva. Nesta linha de raciocínio, o vereador e o réu são pessoas diferentes.

Conforme o advogado José Roberto Rodrigues da Rosa, o assassinato foi em decorrência do fato de a vítima, o acusado e um amigo do acusado manter um relacionamento com uma mesma mulher. Segundo ele, todos os envolvidos tinham mais de 30 anos na época, enquanto o vereador tem 43 anos hoje.

O vereador foi preso na manhã da última quinta-feira e solto ontem à noite. O mandado de prisão foi cumprido pelo delegado Carlos Henrique Serafim, que também é vereador no município.

Em entrevista ao Buriti News, Edmilson relatou que foi levado ao presídio da cidade, onde ficou com os outros presos. “Passei uma das noites piores da minha vida, passando momento difícil ali e a família sofrendo”, relata.

Suspeito de matar homem, vereador é preso 23 anos após crime
Fordão é um dos acusados no processo que apura o assassinato de João Pinheiro Dutra, em agosto de 1989Suspeito de matar um homem em 1989, o vereador...
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento da apelação do ex-presidente ...


ele passou uma das noites piores da vida dele... não posso afirmar que seja ele, mas se foi, ele fez com que a minha familia tivesse anos e anos de noites e dias ruins, pois esse crime nos deixou em uma situação muito ruim, principalmente pela brutalidade com que ele foi morto.
 
jefferson silva em 05/02/2013 13:42:14
E por isso que falamos que a justiça protege o vagabundo, até para criar margem para pessoas que não são muito comprometidas, isto é uma vergonha!! assassino foi liberado pela justiça, ou seja só perde é quem morreu!!!
 
Valter Vieira Alves em 11/03/2012 12:27:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions