A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/02/2011 12:39

Vereador vai recorrer contra liminar que suspende Lei Antipornografia

Ana Maria Assis
 Vereador vai recorrer contra liminar que suspende Lei Antipornografia

Paulo Siufi (PMDB), presidente da Câmara Municipal e autor da lei Anti Pornografia disse que não “entendeu” a liminar do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul que derruba temporariamente as proibições impostas pela lei.

Segundo o vereador, quando a lei foi aprovada, a Justiça se colocou favorável. Po isso, Siufi diz que vai recorrer da decisão judicial.

A liminar do TJ foi concedido em resposta à ação movida pelo Sinapro (Sindicato das Agências de Propaganda de Mato Grosso do Sul), que questiona a proibição de peças publicitária como outdoors com imagens de pessoas em trajes íntimos, considerando que a lei limita o pensamento criativo e as possibilidades comerciais a favor de um falso moralismo.

Marcada por polêmicas desde a sua criação, que já foi tema de audiência pública na Câmara no ano passado, a Lei deverá repercutir ainda mais na Justiça e na Casa de Leis, segundo o presidente da Câmara. “A Justiça se colocou a favor da Lei em um primeiro momento, portanto nós vamos sim recorrer sobre a liminar”, garantiu Siufi.



concordo plenamente com vereador Paulo Siufi a nossa
Capital as Leis tem que funcionar mesmo, por isso nós elegemos
vc é para cuidar da nossa população não desista se precisar de
baixo assinados pode contar conosco parabéns vilma.
 
vilma adalva ferreira de almeida em 07/02/2011 12:02:08
Eu acho que com tantas pessoas precisando de casa, comida , trabalho e etc, ficam nossos vereadores , que nos mesmos colocamos lá , discutindo sobre pornografia, se fosse pornografia não poderiamos usar piquini nas piscinas, nas praias, sem falar que estão tirando o pouco de oportunidade de emprego nesse setor,e que quantas pessoas ficam sem trabalhar se tiram tudo isso da rua ... vamos se preocupar com coisas mais importantes...Isso tudo é falso moralismo , isso sim ...
 
Silvia Regina Souza em 04/02/2011 12:54:36
pornografia isso... teria que eliminar aquela parada... que acontece todo ano aquilo que e pornografia. e com certesa e perda de tempo.
 
odair de jesus em 04/02/2011 10:36:06
Paulo Siufi está certo em pelo menos tentar limitar a pornografia sim. A maioria das pessoas (leia-se nós homens) não ficam prestando atenção em lingerie coisa nenhuma. Me desculpem a palavra de baixo calão, mas a "putaria" em público está muito liberada sem nenhum tipo de resistência. Exemplo disso são as novelas da globo, aquele BBB11, programas vazios que não oferecem nada, a não ser nos brindar com ensinamentos de como trapassear, motivação de fazer sexo grupal. Atualmente pessoas não são mais heterossexuais e nem homossexuais. Imagina...!!! Isso já faz parte do passado, a novidade agora é ser trissexual. Uma falta de vergonha e de amor ao próprio corpo. Não há mais limites, ninguém sabe onde vai parar tudo isso. E os meios de comunicação, quando mal empregados passam ser a difusora maior desses modismos que desvalorizam a família e somente empobrecem a cultura. Algo deve ser feito sim, e a Lei Antipornografia serve para dar um alento a quem ainda tem vergonha estampada no rosto.
 
Diogo Willian Godoy Dos Santos em 04/02/2011 10:03:19
Respeito a opinião do Emanuel Alonso, mas sou a favor da lei devido o apelo sem medida da sexualidade para vender produtos. Em nome da liberdade de expressão podemos agora támbem fazer apologia ao Nazifacisto, e outras atrocidades. É importante salientar que para vivermos em sociedade temos que respeitarmos limites, cu e isso é feitos através de leis, isso é democraticia se a maioria acredita que certos comportamentos não são adequados para seu contexto social a minoria tem que respeitar. É simples assim.
 
João Ferreira em 04/02/2011 09:53:05
É por isso que tenho medo, a regressão que teremos com pessoas com tais pensamentos puritanos seria de mais de 50 anos, voltariamos a escrever a máquina ao inves do computador, temos que pensar muito em quem colocamos para nos representar, todo comercio tem seu publico e todos tem direito de comprar ou vender o que quer que seja, desde que não seja droga ou produto de furto.
 
MAXIMILIANO NAHAS em 04/02/2011 08:18:00
Tanta coisa realmente importante na cidade para se discutir, e se perde tempo com uma coisa dessa.
Nada haver chamar essas propagandas de pornograficas. Isso é um moralismo falso mesmo.
Só falta ter um toque de recolher nessa cidade, porque do jeito que as coisas estão indo . isso não. não vai demorar muito a acontecer.
 
Emanuel Alonso em 04/02/2011 08:15:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions