A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Março de 2019

30/10/2018 13:29

Vereadores aprovam abertura de escritório da prefeitura em Brasília

O mesmo projeto também prevê a criação de cinco cargos comissionados, que atuarão à frente da nova repartição

Guilherme Henri e Mayara Bueno
Sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (Foto: Mayara Bueno)Sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (Foto: Mayara Bueno)

Em regime de urgência, 24 dos 29 vereadores aprovaram em sessão desta terça-feira (30) o projeto de lei que prevê a abertura de um escritório físico da Prefeitura de Campo Grande em Brasília. Além disso, o mesmo projeto prevê a criação de cinco cargos comissionados, que atuarão à frente da nova repartição.

Conforme o líder do prefeito na Casa de Leis, o vereador Francisco Almeida Telles, o “Chiquinho Telles” (PSD), o objetivo do escritório é captar recursos federais para a Capital de Mato Grosso do Sul.

“Temos direitos a muitos recursos, destinados a melhorias ou mesmo investimentos no município, mas acabamos perdendo por desconhecimento. O que não vai mais acontecer, com a criação deste escritório no Distrito Federal onde ficaremos ligados 24h por dia nas possibilidades”, explica.

Questionado, o vereador disse que desconhece o valor que será aplicado com a medida. Além disso, ele considerou que os custos não tem incluídos no texto do projeto.

Agora, o projeto segue para ser sancionado pelo prefeito Marquinhos Trad e depois ser colocado em prática. “A criação deve ficar para o próximo ano para aproveitar a troca de presidente”, adiantou Chiquinho Telles.

Votaram contra a aprovação os vereadores André Salineiro (PSDB), Loester Nunes de Olveira (MDB), Epaminondas Vicente Silva Neto, o “Papy” (SD) e Vinicius Siqueira (DEM).

“A criação do escritório é relevante, no entanto, cinco cargos comissionados não”, considerou o vereador Vinicius Siqueira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions