A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/11/2013 09:39

Vice-governadora do Estado diz que tem apoio para disputar o Senado

Luciana Brazil e Leonardo Rocha

Mesmo recebendo apoio para uma vaga no senado, a vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Simone Tebet (PMDB), afirmou na manhã de hoje (28) que ainda não confirma, oficialmente, seu nome para o parlamento. O apoio, segundo ela, vem do senador Waldemir Moka, do presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos, e do governador André Pucinelli.

A confirmação para sua candidatura, conforme a vice-governadora, depende do diretório municipal e da executiva estadual.

“Já tenho apoio do Moka, do Jerson e do André. Mas preciso ser humilde nesse momento, porque outras lideranças podem colocar outros nomes à disposição”, frisou.

Sobre uma possível disputa com o atual deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), Simone elogiou o adversário. “Não posso olhar para os adversários, mas sim ficar nas propostas. Mas Azambuja é um ótimo quadro e tem credibilidade em Mato Grosso do Sul”.

Como pré-candidata, Simone afirmou que o foco de sua campanha será defender a bandeira da educação, além de incrementar cursos de qualificação para aumentar a renda dos trabalhadores.

“Vou defender as bandeiras do agronegócio que sustenta o Mato Grosso do Sul, assim como defenderei a resolução dos conflitos no campo”, afirmou.

A vice-governadora falou também sobre a violência feminina. “Sendo mulher, também vou apoiar políticas contra violência feminina. Vou lutar por mulheres que recebem salário menor em empresas onde ocupam a mesma posição dos homens”, disse ela também se referindo o empreendedorismo das mulheres do Estado.

Porém, ela garantiu que apesar de ser mulher, a “principal missão será defender o interesse de Mato Grosso do Sul, ou seja, de todos”.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions