ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  11    CAMPO GRANDE 15º

Política

Vila da Melhor Idade deve começar a ser construída em 2022, por R$ 10 milhões

Prefeitura também lança hoje, poço subterrâneo no Pioneiros e licitações para reformas e construções

Por Caroline Maldonado | 30/08/2021 08:50
Projeto da Vila da Melhor Idade, em maquete digital. (Foto: Reprodução)
Projeto da Vila da Melhor Idade, em maquete digital. (Foto: Reprodução)

Depois de anunciar a Vila da Melhor Idade, que terá 40 apartamentos de aluguel para idosos de baixa renda, a Prefeitura de Campo Grande divulgou hoje (30), que as obras devem começar em 2022, com recurso um pouco acima dos R$ 7 milhões informados anteriormente.

A estimativa agora é de R$ 10,5 milhões. A obra será lançada às 10h, no auditório da Casa da Esplanada. A vila terá inquilinos por meio do aluguel social, ou seja, os idosos não serão proprietários.

Cada apartamento terá área privativa de 33,70m², com sala integrada com cozinha, área de serviço e um quarto com banheiro. O investimento terá recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A vila será construída próxima ao Horto Florestal, no cruzamento da Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rua Anhanduí.

No Pioneiros - Também está prevista na agenda do prefeito Marcos Trad (PSD), a inauguração de poço de captação de água subterrânea no Pioneiros, às 9h. Com capacidade para atender 86 mil moradores, novo poço será inaugurado pela Águas Guariroba.

O poço tem capacidade para captar mais de 97 litros de água por segundo, ou seja, 350 mil litros por hora, a partir de 550 metros de profundidade. A inauguração será na Rua Ana Luiza de Souza, entre as ruas Gaspar de Lemos e Dom Henrique. Este será o segundo poço entregue pela Águas Guariroba no mês de agosto, na Capital.

Ainda hoje, a prefeitura lança também licitações para reforma do antigo Clube Surian e construção da piscina olímpica do Parque Ayrton Senna. No prédio do antigo clube, será instalada uma Emei (Escola Municipal de Educação Infantil), que deve atender 700 crianças, do berçário ao grupo 5.

Nos siga no Google Notícias