ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 26º

Política

Reinaldo terá quase metade das propagandas ao longo do dia na TV

Propagandas serão veiculadas ao longo da programação. Distribuição é feita pela Justiça Eleitoral.

Leonardo Rocha | 28/08/2018 09:27
Reinaldo Azambuja ( no centro), ao lado de Murilo Zauith e Nelsinho Trad (à direita) e Marcelo Miglioli e Marquinhos Trad (á esquerda), durante convenção (Foto: Arquivo)
Reinaldo Azambuja ( no centro), ao lado de Murilo Zauith e Nelsinho Trad (à direita) e Marcelo Miglioli e Marquinhos Trad (á esquerda), durante convenção (Foto: Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) terá quase metade das propagandas ao longo do dia na televisão e rádio, em relação aos seus adversários eleição. O tucano vai dispor de 12 das 28 inserções para o governo, que são veiculadas ao longo da programação, começando pelo dia 31 de agosto e seguindo até 04 de outubro, no primeiro turno.

Reinaldo terá durante todo o primeiro turno 418 propagandas, que são veiculadas ao longo das programação de rádio e televisão. Isto corresponde a 209 minutos e 19 segundos, tendo por dia 05 minutos e 58 segundos. Esta mídia aparece durante os intervalos dos programas, fora do horário eleitoral. Elas terão duração de 30 segundos ou 1 minuto.

As equipes que produzem este material destacam que se trata da “mensagem direta” ou uma resposta ao eleitor, e consegue atingir aqueles que não se interessam em assistir o programa eleitoral, que tem horário definido para ser transmitido. As inserções podem aparecer das 4 da manhã até às 23 horas (horário de MS).

Junior Mochi (MDB) é o segundo com mais propagandas ao longo dia, com 06 inserções diárias, que corresponde a 3 minutos e 16 segundos. Ao total terá 229 (inserções), somando 114 minutos e 32 segundos. Já Humberto Amaducci (PT) terá quatro (propagandas) diárias, que juntas chegam a 2 minutos e 08 segundos, ao todo 149 até 04 de outubro.

Odilon de Oliveira (PDT) vai dispor de 03 (inserções) diárias, que chegam a 01 min e 28 segundos, tendo no final do certame 103, o que corresponde a 51 minutos e 41 segundos. O espaço será ainda menor para Marcelo Bluma (PV), que vai contar com 02 propagandas diárias e 54 ao todo (26 minutos e 32 segundos), enquanto que João Alfredo (PSOL) terá apenas uma por dia e 27 até a eleição (13 minutos).

Divisão - As inserções serão veiculadas em três períodos, seguindo das 4h da manhã até às 23h, tendo como ordem os candidatos a deputado estadual, governador, senador e deputado federal. Neste plano de mídia feito pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), vão ser incluídas as propagandas para presidente da República.

Para definição das propagandas, seguem os critérios usados para o programa eleitoral, ou seja, 90% são divididos pelo número de representantes na Câmara Federal, somando os partidos que fazem parte das coligações, assim como 10% distribuídos de forma igualitária pelas legendas.

Nos siga no Google Notícias