ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  29    CAMPO GRANDE 23º

Reportagens Especiais

Salão de beleza dá exemplo de parcerias que movimentam economia local

Donos de um pequeno negócio nos altos da Júlio de Castilho, em Campo Grande, ressaltam a importância da cooperação entre empreendedores locais para o desenvolvimento dos bairros e regiões onde atuam

Por Da Redação | 16/09/2015 10:07
Zezé e profissionais de sua equipe (Foto: Divulgação)
Zezé e profissionais de sua equipe (Foto: Divulgação)

Já se passaram mais de 28 anos desde o dia em que José Lima Souza Porto cortou o cabelo do filho na banheira em que lhe dava banho, na tentativa de acalmá-lo. “Deu certo e ficou uma maravilha”, diz ele, hoje com 46 anos e conhecido como Zezé. Na verdade, deu tão certo que logo se transformou num negócio que hoje atende homens, mulheres e crianças de todas as idades e oferece praticamente todos os serviços da área de beleza: o Zezé Hair.

“Já viu salão de beleza sem fofoca? Pois é, no Zezé Hair é assim: sem fofoca. São 15 profissionais trabalhando de forma colaborativa para crescer profissionalmente”, afirma Zezé, que trabalha com a esposa e sócia Neuza Osorio, 36 anos. O negócio é mesmo bastante familiar: nele trabalham ainda as irmãs de Neuza. E essa característica reflete-se também na clientela: “Atendemos pai, mãe, filhos e netos, várias gerações da mesma família que são nossos clientes há mais de 25 anos. Alguns dizem que fazemos parte de suas histórias de vida”, conta.

Mas, se hoje o negócio está bem estruturado e é referência em beleza na região, o começo foi mais difícil do que até mesmo o pior cenário imaginado por eles. “Abrimos o primeiro espaço em meio a uma das piores crises econômicas que o país enfrentou, com apenas um lavatório, uma cadeira e um espelho improvisado no chão. Chegamos a ter um único cliente ao longo de toda a semana. Naquela época, comprávamos o jantar com o dinheiro do dia e dividíamos uma marmita entre três pessoas”, lembra.

Cliente satisfeita com o penteado e atendimento do Zezé Hair (Foto: Divulgação)
Cliente satisfeita com o penteado e atendimento do Zezé Hair (Foto: Divulgação)

Embora já tenham mudado algumas vezes de endereço, eles continuam no mesmo bairro desde o início, o Portal do Panamá (altos da Júlio de Castilho), em Campo Grande, onde têm clientes fiéis e construíram seu círculo de relacionamentos e parcerias. “Minha família e eu damos preferência ao nosso bairro, pois temos tudo aqui: mercado, casa de carne, frutaria, entretenimento, dentista, pizzaria... Como temos muitos clientes do nosso próprio bairro, também procuramos retribuir e fazer o dinheiro circular por aqui mesmo”, diz Zezé.

Como proprietários de um pequeno negócio e tendo superado todos os desafios de um começo difícil para hoje usufruírem de um contexto mais sólido, Zezé e Neuza entendem que essa cooperação entre pequenos empreendedores é fundamental para o desenvolvimento das regiões e, por fim, para o crescimento da economia brasileira em geral. “Aqui fazemos muitas trocas, parcerias, os pequenos empresários do bairro se ajudam, independentemente do segmento, e assim vamos crescendo juntos”, completa.

Compre do Pequeno

Esse círculo de relacionamentos e parcerias vivenciado pelo casal Zezé e Neuza é o espírito do Movimento Compre do Pequeno Negócio. A iniciativa do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) visa mostrar à sociedade o quanto os pequenos negócios são importantes para a economia local, gerando empregos e renda para as diversas regiões de uma cidade ou do Estado.

Se você também é um pequeno comerciante e se identifica com a ideia, acesse www.compredopequeno.com.br e cadastra-se gratuitamente para ter acesso ao material completo da campanha, podendo ainda divulgar sua marca para todo o Brasil. A data oficial do movimento é 5 de outubro, quando é comemorado o Dia da Micro e Pequena Empresa.

Regras de comentário