A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/09/2013 16:57

Clube da Capital acusa estádio em Coxim de não oferecer condições de jogo

Helton Verão
No email dirigente reclama da qualidade da arquibancada e que a mesma não possui para peito e corrimão, como exige a FFMS (Foto: Repórter News)No email dirigente reclama da qualidade da arquibancada e que a mesma não possui para peito e corrimão, como exige a FFMS (Foto: Repórter News)
Apesar da foto não mostrar muitas irregularidades, a acusação é de que o alambrado está em péssimo estado (Foto: Repórter News)Apesar da foto não mostrar muitas irregularidades, a acusação é de que o alambrado está em péssimo estado (Foto: Repórter News)

O Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série B tem chamado mais a atenção pela guerra de bastidores do que pelos gols, resultados e desempenho do clubes. O episódio mais recente desta batalha é a acusação de que o estádio municipal André Borges, em Coxim, que não estaria em condições para receber jogos e nas três partidas que já sediou não teria cumprido os compromissos com Polícia Militar e a ambulância.

A denuncia foi enviada por email ao Campo Grande News por representantes de clubes de Campo Grande. Nas fotos não é possível ver algo que comprometa a realização dos jogos no local. Os dirigentes não quiseram se identificar.

“Veja as fotos que o estádio da cidade de Coxim, não tem a mínima condições para receber jogos de futebol profissional. Só existe um banheiro, sem nenhuma condição para atender os torcedores. O alambrado atrás dos gols do Estádio estão quebrados não dando nenhuma condições de segurança aos atletas, ficando muito fácil para ser invadido”, acusou o dirigente no email.

Ainda completou citando as arquibancadas “rachadas” e que correm o risco de desabamento, na avaliação do representante. “Existe o risco de desabar a qualquer momento, não tem para peito e nem corrimão, o que exige a FFMS (Federação de Futebol de MS)”, finalizou o dirigente.

Outro lado - De acordo com o presidente do Coxim, Antonio Mascarenhas Cardoso, mais conhecido por “Toninho Baiano”, o estádio André Borges está com toda documentação em dia. “Está tudo ok. Inclusive, se não tivesse a FFMS não tinha liberado nenhum jogo aqui. Coxim já sediou três jogos, não teve nenhum imprevisto, estavam presentes ambulância, Corpo Bombeiros e PM”, respondeu Baiano.

Também lembrou que o estádio passou por reformas ainda este ano, vestiários, cabine de imprensa e a tela para evitar invasões e que proteger a torcida.

"O André Borges tem o melhor gramado de Marto Grosso do Sul", finalizou.

Polêmicas – A Série B de Mato Grosso do Sul antes mesmo de começar já gerava polêmicas, os retornos de Operário Futebol Clube e Ubiratan.

O segundo capítulo foi aonde alguns clubes de Campo Grande iriam jogar, por terem dívidas com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não atuaria no Morenão.

Depois disso vieram as desistências de Sidrolândia (SESI) e do Nova Andradina.

Enfim, quando começou, seguiram as polêmicas com as contratações de ambulâncias para os jogos. Clubes dizendo que seria a responsabilidade da FFMS e a federação passando a responsabilidade para os dirigentes.

Rodada decisiva - A última rodada da fase de classificação da Série B Estadual acontece neste fim de semana. Ubiratan, Costa Rica, Coxim, Operário e Esporte Clube Campo Grande já estão classificados para a segunda fase.

A FFMS confirmou rodada dupla para o Estádio Morenão neste domingo (22). O primeiro jogo da rodada acontece às 15 horas entre MS Saad e Operário pelo Grupo C. Jogo apenas para cumprir tabela, já que o Galo está garantido como líder da chave com o Esporte Clube Campo Grande, que já fez todos os jogos, em segundo.

Às 17 horas, Guaicurus e União Inter Flórida jogam, em partida válida pelo Grupo A. Ambos os clubes estão com apenas um ponto na competição, quem vencer o jogo garante a vaga para a próxima fase. O empate garante o Guaicurus.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions