A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/11/2013 11:59

Estrutura de posto de saúde revolta e acadêmico tira fotos para denunciar

Viviane Oliveira

Hoje ao chegar para trabalhar no posto de saúde do bairro José Abrão, em Campo Grande, um acadêmico do 4º ano de Medicina ficou revoltado com o que viu.

Além de faltar remédios básicos e até papel para pedidos de exames, o acadêmico conta que a sala estava toda molhada, por conta da infiltração no teto.

“Como que o médico vai fazer um bom atendimento desse jeito”, questiona, acrescentando que todos os dias tem uma lista de remédios que faltam nas unidades.

Segundo o estudante, falta até creme de ureia utilizado por diabéticos para passar no pé.

Falta desde remédio até material para marcar um simples exame. (Foto: Repórter News)Falta desde remédio até material para marcar um simples exame. (Foto: Repórter News)
Parede com infiltração. (Foto: Repórter News)Parede com infiltração. (Foto: Repórter News)


Administrador bom mesmo é aquele que ao invés de ficar apontando e procurando culpado, resolve o problema logo!
 
Luiz Augusto em 04/11/2013 15:02:17
Só complementando meu outro comentário, algum leitor já ouviu falar em sarcasmo????

 
Odracir Siarom em 04/11/2013 14:42:23
é bom ja ir se acostumando,porque vamos todos os dias ouvir uma noticia destas,mais agora estou é muito preocupado pois é mais um médico que vai para engrossar a fila dos desempregados,pois o secretário de saude esta demitindo aquele que reclama dos pessimos posto de saude.
 
marcos torres em 04/11/2013 12:52:05
Infelizmente em nossa cidade não faltam apenas condições de trabalho aos médicos, a falta de respeito é também para com os pacientes que não conseguem marcar um simples exame sequer, hoje levei minha mãe a uma UBSF - mais precisamente a do Alves Pereira, periferia de nossa cidade - às 4:00 da manhã para marcar um exame, às 6:00 da manhã ela retornou para casa sem marcar o exame porque, segundo ela; um funcionário do local informou às inúmeras pessoas que lá estavam presente que "as marcações estavam suspensas por falta de material descartável para coleta". Isso é humilhante; é nojento. Enquanto isso os gestores estão envoltos em uma querela de fofoqueiras!
 
JOSE ANTONIO S FERNANDES em 04/11/2013 12:42:13
"A culpa é da administração passada, que não aceita a derrota nas urnas" ficam tentando sabotar a administração do ARCIDIS, tadinho dele,
A culpa também é dos vereadores da oposição que não deixam ele trabalhar, ficam engessando ele..
Com certeza o André tem culpa também, pois ta fazendo de tudo pra prejudicar os postos de saúde, só fica criticando..
Assim não pode, assim não dá.. BUÁ BUÁ

Votaram nele cambada de ignorante, agora aguenta a situação..
O POVO TEM O GOVERNANTE QUE MERECE...

 
Odracir Siarom em 04/11/2013 12:40:45
obviamente, a culpa é da adminstracao anterior. e o governador? pque nao interfere, passando por cima da constituicao que diz que a saude é municipal?
Luis Alves.
 
francisco guimaraes em 04/11/2013 12:17:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions