ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Direto das Ruas

Infestação de caramujos preocupa moradores do Maria Aparecida Pedrossian

Por Angela Kempfer | 21/03/2011 10:10
Caramujos em entrada de residência, no Maria Aparecida Pedrossian. (Foto: Marcos Ribeiro Agostinho)
Caramujos em entrada de residência, no Maria Aparecida Pedrossian. (Foto: Marcos Ribeiro Agostinho)

Moradores do Maria Aparecida Pedrossian estão cada dia mais preocupados com aparição de caramujos africanos, diz o morador Marcos Ribeiro Agostinho.

“Toda vez que chove já se sabe que eles aparecerão, pondo em risco a segurança das pessoas”, reclama.

Ele conversou com moradores, que reclamam da infestação. “Não adianta de nada eu cuidar da minha casa, do meu quintal se aqui ao lado tem uma casa abandonada que é um verdadeiro criadouro de caramujo. Eu sei que não posso ter contato com essa imundice, mas eles entram até dentro de casa. E meu filho de dois anos, como fica?”, comenta a dona de casa Maria Jose, de 28 anos.

O Centro de Controle de Zoonoses esclarece que coleta dos caramujos deve ser feita com as mãos protegidas com luvas ou sacos plásticos, para evitar o contato da secreção.

Os exemplares devem ser depositados em um tambor ou latão para serem queimados. Depois de queimadas, as conchas devem ser quebradas e enterradas evitando assim que fiquem expostas e sirvam de criadouros do Aedes Aegypti transmissor da dengue.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário