A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/06/2014 19:13

Leitor reclama de sujeira deixada por indígenas em praça em frente ao Mercadão

Helton Verão
Leitor reclama de sujeira deixada por indígenas em praça em frente ao Mercadão

Um leitor indignado com a situação da Praça Oshiro Takemori, em frente ao Mercado Municipal, o “Mercadão” enviou fotos de da sujeira deixada por comerciantes do local, que em sua maioria são de origem indígena.

“Como pode um ponto turístico, que deveria ser um cartão postal da Capital ser tão sujo, fétido, uma imundície. Os comerciantes deixam todo o lixo espalhado no chão, apodrecendo, cheio de viciados fazendo suas necessidades ali mesmo, assim, alem de envergonhar nossa cidade diante de possíveis turistas. Deveria haver uma revitalização aqui e não precisaria gastar muito”, reclamou.



Muito triste ler essa "notícia" que pôs seu autor no anonimato. Conheço a realidade da praça e dos indígenas que ali vivem para garantir o sustento de suas famílias. Ali há um posto policial desativado. Os indígenas trabalham nos dois quiosques e dormem ali para garantir que seus pertences não sejam furtados. Há outros tipos que frequentam a praça: usuários de drogas e de pinga. Fácil, porém injusto, culpar os indígenas pela "sujeira e odor fétido". Sugiro ao autor da foto - uma pena que anônimo - que da próxima vez converse com os indígenas antes de difundir sua opinião sem conhecer a realidade.
 
Fabio Pellegrini em 15/06/2014 09:12:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions