A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/08/2014 16:01

Morador denuncia morte de animais envenenados no Octávio Pécora

Marta Ferreira e Adriano Fernandes

Animais, que vão de cães e gatos a pássaros, foram envenenados e morreram, no bairro Octávio Pécora, em Campo Grande. A denúncia chegou ao Campo Grande News via WhatsApp enviado por um morador do bairro.

O comerciário, que preferiu não ter a identidade divulgada, relatou que na noite da última segunda para terça-feira, alguém envenenou os animais de sua vizinhança, na rua Uiratata. Segundo o leitor, foram cinco gatos, dois cachorros e cinco pássaros, 2 pombas, 2 bem-te-vis e 1 periquito. O morador reside no local há pouco mais de um ano, mais diz que segundo os outros moradores essa não foi a primeira vez que ouve um caso de envenenamento. “Todos aqui da rua estamos revoltados com esse monstro. Vários outros casos já aconteceram. Os donos de alguns cachorros estão viajando, nem sabem do que aconteceu”, reclama o rapaz. Ele também teve um de seus dois gatos mortos e agradece por seu cachorro não ter sido envenenado.

O morador diz ter encontrado, há poucos dias, enquanto caminhava com seu cachorro, um saco com carne à beira da rua. “Mas nem desconfiei e coloquei no lixo. Provavelmente também estava envenenado”, diz. Segundo ele, alguns gatos, além das aves, eram animais que vivem na rua.

Maus-tratos a animais é considerado crime de acordo com com o artigo 32 da Lei 9605/98 de Crimes Ambientais e que prevê detenção, de três meses a um ano e multa. Se ocorre a morte de animal, a pena é aumentado de um sexto a um terço.

Como denunciar - A delegacia especializada em ocorrências ambientais é a Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista), que não recebeu informações sobre as mortes no Octávio Pécora.Segundo a delegacia, o morador que tiver alguma denúncia de maus tratos pode fazê-la tanto de forma anônima ou ir até a delegacia registrar o boletim de ocorrência. Após abrir a ocorrência a DECAT aciona o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) que vai até o local da denuncia levantar um laudo pra que sejam tomadas as atitudes cabíveis.

A Decat fica na avenida Duque de Caxias s/n, no Aeroporto Internacional de Campo Grande e ainda disponibiliza os telefones 3368-6092, 3368-6185 ou 3368-6144 (Plantão).

Os telefones pra contato com o CCZ são 3314-5000, 3314-5001.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions