A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/01/2014 19:52

Sem atendimento, população espera desde às 8h em posto de saúde da Capital

Vinícius Squinelo

A situação no CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Coophavila II, em Campo Grande, está insustentável, segundo leitores que entraram em contato com o Campo Grande News. Alguns deles esperam atendimento desde a manhã de hoje (2).

“Chegamos às 8h, e até agora nada, não sei mais o que fazer”, relatou Adevaldo de Oliveira Santos, 53 anos. Ele acompanha o irmão, Ederson de Oliveira Santos, 40, que está com fortes dores.

Ainda segundo Adevaldo, até o momento o irmão não foi atendido, e ninguém passa qualquer informação para eles.

Seriam cerca de 50 pessoas aguardando atendimento no Centro de Saúde, que teria recebido um reforço, não de médicos, mas de guardas municipais, ainda segundo os leitores.



Continuação do comentário anterior sobre o posto de saúde da copavilla II: o médico ficou sem entender pois acreditava que não havia mais nenhum paciente. indignado levei meu irmão por conta própria e deixei na porta do médico. Não demorou uma funcionária perguntou se o paciente tinha sido chamado, disse que não, a mesma irritou-se e disse para esperarmos na sala de espera que havia 4 médicos atendendo. Depois de muito tempo o mesmo q seria prioritário, foi atendido. Dessa forma qro registrar minha indignação e meu ponto de vista: A instituição está trabalhando a bel prazer, não está havendo fiscalização, cada um faz o que quer. E olha q sou pela administração Bernal, não é critica, mais um indicativo para providências.
 
Eugenio Charles Wolobueff em 02/01/2014 21:13:33
Apesar de todo esforço para entender o momento díficil q passa o executivo, tenho que admitir: o atendimento no posto de saúde da copavila II, pelo menos no dia 1/01/2013, estava uma "porcaria" levei um parente para ser medicado o qual sofreu lesões graves numa contenda no dia 31/12, com muita dores e vários hematomas, disseram q seria atendimento imediato, porem fiquei mais de duas horas( das 08 as 10:00 ) esperando. Os médicos chamaram três pessoas que não voltavam mais, fui até o corredor q dá acesso as salas de atendimento e um dos pacientes ainda estava na vila perguntei o q estava acontecendo ele me disse que o médico estava conversando, verifiquei q um deles provavelmente residente, estava brincando com o celular e conversando com as atendentes. O restante do comentário segue...
 
Eugenio Charles Wolobueff em 02/01/2014 21:00:54
Realmente sou de corumbá , porem estava passando uns dias na capital visitando minha avó , que esta doente , levei ela a um posto de atendimento pois ela estava com febre , e ficamos mais de 3 horas a espera de um atendimento para ela que tem 81 anos , isso e uma vergonha para uma cidade tao bela quanto e campo grande .
 
Laura Martins em 02/01/2014 20:05:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions