ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 30º

Direto das ruas

Terreno acumula entulho e atrai transmissor da leishmaniose no centro da Capital

Por Jorge Almoas | 18/03/2011 14:50

Leitora denuncia situação, que se diz se arrastar há meses

Acúmulo de lixo causa aparecimento de ratos, baratas e moscas (Foto: Ana Gomes)
Acúmulo de lixo causa aparecimento de ratos, baratas e moscas (Foto: Ana Gomes)

A leitora Ana Gomes entrou em contato com o Campo Grande News para denunciar o descarte de lixo em um terreno ao lado do condomínio do qual é sindica. Ela aponta que o entulho na área tem atraído insetos, ratos e até o mosquito transmissor da leishmaniose.

Localizado no cruzamento das ruas José Antonio e Barão do Rio Branco, o terreno, segundo a leitora, pertencia à Fundação Enersul, mas está inutilizado há tempos.

Ana conta que já realizou denúncias contra a situação, mas que o caso se arrasta e causa preocupação. “Houve um tempo em que começaram a limpar, mas depois pararam. Aí, ficou tudo desse jeito”, reclama a síndica.

Ela relata que o lixo, somado a umidade trazida pela chuva, atraiu ratos, baratos, moscas e até o mosquito-palha, vetor que transmite a leishmaniose, uma doença comum em Campo Grande.