A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/07/2016 08:07

Novo conceito de carne sustentável é apresentado hoje em dia de campo

Renata Volpe Haddad
Além de neutralizar o metano emitido pelos bovinos, árvores influenciam no bem-estar dos animais. (Foto: João Costa/ Embrapa Gado de Corte)Além de neutralizar o metano emitido pelos bovinos, árvores influenciam no bem-estar dos animais. (Foto: João Costa/ Embrapa Gado de Corte)

A marca-conceito CCN (Carne Carbono Neutro) desenvolvida pela Embrapa vai ser apresentada nesta sexta-feira (22) em Ribas do Rio Pardo, distante 103 km de Campo Grande, no último dia de Intercorte. O dia de campo vai atestar a carne bovina produzida com alto grau de bem-estar animal, em sistemas de integração do tipo silvipastoril que é pecuária e floresta ou agrossilvipastoril, que integra lavoura, pecuária e floresta.

Desde 2015, a Fazenda Boa Aguada está sendo analisada para a produção do primeiro lote experimental de animais com protocolo CCN. Os estudos para o desenvolvimento da marca-conceito, apontam que as árvores neutralizam o metano entérico exalado pelo gado, um dos principais gases responsáveis pelo efeito estufa que provoca o aquecimento global.

O pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Valdemir Laura, explica que o carbono neutralizado fica armazenado no tronco das árvores. "Isso pode ser medido por uma fórmula com a qual se calcula o volume de madeira e consequentemente, a quantidade de carbono fixada no tronco".

Para o sistema ser ideal, é preciso ter entre 200 a 400 árvores por hectare. O estudo realizado na Embrapa mostra que cerca de 200 árvores por hectare seriam suficientes para neutralizar o metano emitido por 11 bovinos adultos por hectare ao ano.

Além disso, a presença das árvores na pastagem, influencia no bem-estar dos animais. "A sombra natural bloqueia a radiação solar, cria um microclima com sensação térmica mais agradável. Assim, é oferecida uma condição de melhor conforto térmico por se tratar de um ambiente com menor temperatura".

Em 2016, foi aprovado um projeto piloto financiado pela Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento de Ensino, Ciência e Tecnologia de MS) para avaliação de métricas da CCN no Estado.

A maneira como a marca-conceito será adotada está em processo de desenvolvimento e envolve negociações com o setor público e privado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions