A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/01/2016 14:22

Safra de grãos deve crescer 1,7% e chegar a 17 mil toneladas em 2016

Caroline Maldonado
Lavouras de soja devem ampliar o espaço em cerca de 5,6% em relação à safra passada (Foto: Marcos Ermínio)Lavouras de soja devem ampliar o espaço em cerca de 5,6% em relação à safra passada (Foto: Marcos Ermínio)

A safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2015/2016 deve ter aumento de 1,7% em relação a anterior, segundo estimativa da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). Conforme a projeção, o volume deve passar de 16,7 mil toneladas para 17 mil toneladas e a área aumentar de 4 mil hectares para 4,16 mil hectares, o que representa diferença de 2,9%.

Somente as lavouras de soja devem ampliar o espaço em cerca de 5,6% em relação à safra passada, atingindo 2,43 milhões de hectares em MS. Para a produtividade, que é o rendimento de casa plantação, estima-se que a média para o Estado fique em torno de 3.120 kg/ha.

O volume é inferior ao projetado inicialmente pelo setor produtivo em consequência das condições climáticas que não favorecem a lavoura. A produção também crescerá 5,6% na estimativa da entidade, saindo de 7,1 mil toneladas na safra 2014/15 para 7,5 mil toneladas, no ciclo 2015/16.

O milho de primeira safra pode ter redução de até 27,8% na área plantada, em relação à safra anterior. A retração é esperada em função da substituição da cultura pela soja, além da alta observada no dólar e o seu impacto no custo de produção, que apresentou alta significativa, conforme avaliação da Conab. Considerando primeira e segunda safra, o milho deve ter a produção reduzida em 0,9% em MS, passando de 9,2 mil toneladas para 9,1 mil toneladas.

Para a safra 2015/16 a previsão é de probabilidades significativas de que o acumulado de chuvas fique na faixa normal ou acima em Mato Grosso do Sul, conforme a Conab.

Brasil – Em todo o país, produção de grãos para a safra 2015/16 está estimada em 210,5 milhões de hectares. O crescimento deverá ser de 1,4% em relação à safra anterior. A área plantada prevista ficará entre 58,5 milhões de hectares, crescimento previsto de 0,9% se comparada com a safra 2014/15.

A estimativa do IBGE totalizou 209,5 milhões de toneladas, 7,7% superior à obtida em 2014, que foi de 194,6 milhões de toneladas e menor 746.519 toneladas, ou seja, 0,4%, que a avaliação de novembro. A estimativa da área a ser colhida é de 57,7 milhões de hectares, apresentando acréscimo de 1,8% frente à área colhida em 2014, de 56,7 milhões de hectares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions