A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

10/04/2018 15:34

A 4 meses do prazo, empresa alerta sobre fim do sinal analógico de TV

Desligamento vai acontecer no dia 14 de agosto e, no mínimo, 93% tem que estar recebendo sinal digital

Bruna Kaspary
Gerente regional da Seja Digital demonstra os itens do kit (Foto: Bruna Kaspary)Gerente regional da Seja Digital demonstra os itens do kit (Foto: Bruna Kaspary)

Em Campo Grande e Terenos, a partir do dia 14 de agosto cerca de 300 mil domicílios passarão a receber apenas o sinal digital de televisão. A medida está sendo tomada no mundo todo e, além da melhora no som e imagens recebidos pela televisão, a qualidade da internet móvel também irá melhor.

O desligamento do sinal analógico nas televisões tem sido progressivo, segundo o diretor da entidade Seja Digital, Antônio Martelletto. "Hoje os canais de televisão têm duas transmissões simultâneas, a digital e a analógica para que a população se acostume com as mudanças", explica.

Segundo ele, a necessidade da mudança do sinal é, principalmente por causa da escassez de frequências existentes e, assim, os canais poderão ser colocados em sequência, o que não é possível agora.

Atualmente 40% das televisões ainda são de tubo, segundo o presidente, e para que esses equipamentos possam receber o sinal digital é necessário o uso de uma antena e um conversor de sinal. "As famílias cadastradas em programas sociais federais irão ganhar esse kit", garante.

Para ter a certeza se o nome está na lista dos beneficiados, a pessoa deverá entrar no site da entidade e ter em mãos o NIS (Número de Inscrição Social), ou ligar no telefone 147. Ao todo, somente para a região da Capital, serão entregues 111 mil kits.

A partir de hoje (10), os beneficiados poderão agendar a retirada dos kits, que serão feitas em cinco pontos de Campo Grande e mais um em Terenos. "Quando ele faz o agendamento, já sabe a data e escolhe o local onde será retirado", informa o Gerente Regional da entidade, Wellington Vidaurre.

Segundo ele, no final do ano Dourados e outras cinco cidades também terão o sinal analógico desligados no estado. Nas demais cidades, o desligamento deve acontecer em 2023, quando 100% das cidades no país receberão somente o sinal digital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions