ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 28º

Lugares por Onde Ando

Entrar no México só com visto físico, entenda a exigência

Por Paulo Nonato de Souza | 04/08/2022 08:33
Curtir a beleza das praias de Cancún agora só tirando o visto de entrada no México, a medida entrará em vigor no dia 18 deste mês - Foto: Reprodução
Curtir a beleza das praias de Cancún agora só tirando o visto de entrada no México, a medida entrará em vigor no dia 18 deste mês - Foto: Reprodução

Se você é daqueles que não abrem mão de curtir férias em Cancún, destino mexicano localizado na costa do mar do Caribe, conhecido por suas praias paradisíacas, talvez queira saber que a partir do dia 18 deste mês será preciso visto para entrar no México. Mas, se você já tem visto de turismo vigente dos Estados Unidos ou Canadá não terá com que se preocupar, ou seja, estará dispensado de apresentar o documento.

A medida do governo do México, que restabelece a exigência de visto físico dos brasileiros, foi oficializada nesta quarta-feira, 3, e começará a vigorar a partir do dia 18. O documento será emitido presencialmente nos consulados mexicanos de São Paulo e do Rio de Janeiro ou na Embaixada em Brasília e custará US$ 48 (R$ 252,70 no cambio atual).

Havia a expectativa de que a medida se resumiria a uma autorização eletrônica. No entanto, a publicação no Diário Oficial do país, nesta quarta-feira, deixa claro que o México exigirá visto físico dos cidadãos brasileiros com a ressalva de que a emissão do documento será no sistema presencial.

A volta do visto físico é a alternativa encontrada pelo governo mexicano para tentar conter a imigração ilegal para os Estados Unidos. De acordo com dados oficiais, o Brasil é o 7º país com mais pessoas que tentam atravessar ilegalmente a fronteira.

Se a sua intenção seria apenas curtir destinos turísticos como Cancún, Playa Del Carmen, Riviera Nayarit ou a Cidade do México, a exigência é um obstáculo a ser superado antes de fazer as malas. Tire dúvidas acessando o Decreto publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial do México.

Nos siga no Google Notícias