ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 25º

Lugares por Onde Ando

Fazer passeio no Cemitério da Recoleta agora custa R$ 60

Por Paulo Nonato de Souza | 13/04/2022 15:01
No Cemitério da Recoleta: Monumento com estatua de Evita Perón, líder política e símbolo da Argentina (Foto: Reprodução)
No Cemitério da Recoleta: Monumento com estatua de Evita Perón, líder política e símbolo da Argentina (Foto: Reprodução)

Em um belo dia de sol e calor para curtir e se sentir feliz, provavelmente a maioria das pessoas irá pensar em praias cheias de vida, uma corrida ou uma pedalada no parque para manter a forma, até mesmo um simples passeio em um shopping. Mas sempre há quem prefira fazer algo bem diferente dessas opções óbvias. Visitar cemitérios, por exemplo.

Engana-se quem pensa que se trata de um passeio gratuito. Em várias partes do mundo, nem sempre você terá essa opção como passeio livre. Esta semana o Cemitério da Recoleta, em Buenos Aires, onde repousam os restos mortais de personalidades argentinas, como María Eva Duarte de Perón, a Evita Perón, passou a cobrar 1.400 pesos (R$ 60,00) pela entrada de viajantes estrangeiros.

Inaugurado em  1822, o Cemitério da Recoleta guarda quase cinco mil mausoléus de inspiração grega, barroca e art-déco, incluindo 90 monumentos históricos nacionais. São cerca de três mil visitantes por dia nos finais de semana, segundo a Prefeitura de Buenos Aires, que pretende investir o dinheiro arrecadado com os passeios turísticos na manutenção e melhorias na infraestrutura do local.

Se você curte visitar cemitérios e tem viagem marcada para Buenos Aires, o ingresso do passeio no Cemiotério da Recoleta pode ser comprado pelo site Dirección General de Cementerios ou na portaria, com cartão de débito ou crédito. O Cemitério da Recoleta funciona de segunda-feira a domingo, das 8h às 17h.

“Visitar cemitérios é um dos meus destinos nas minhas viagens de férias”, disse a campo-grandense Maria Eugenia Medeiros. No seu currículo estão cemitérios históricos na França, Alemanha e Áustria, todos com túmulos de personalidades mundiais. “Gosto de história, então normalmente dou um jeito de ir a um cemitério que tenha pessoas de passado histórico. É uma sensação muito legal quando você está diante do túmulo de uma pessoa que revolucionou a sua época. É incrível”, afirmou ela.

Nos siga no Google Notícias