ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 26º

Lugares por Onde Ando

Hotel ícone da sofisticação em São Paulo fecha as portas

Por Paulo Nonato de Souza | 07/12/2021 08:13
Construído há 42 anos por um sul-mato-grossense, o Maksoud Plaza suspende suas atividades a partir desta terça-feira (Foto: Divulgação)
Construído há 42 anos por um sul-mato-grossense, o Maksoud Plaza suspende suas atividades a partir desta terça-feira (Foto: Divulgação)

Se temporário ou definitivo, ainda não se sabe ao certo. O fato é que um dos símbolos de requinte da hotelaria de São Paulo, o Hotel Maksoud Plaza, construído pelo sul-mato-grossense nascido em Aquidauana, Henry Maksoud, morto em 17 de abril de 2014, aos 85 anos, vítima de câncer, encerra suas atividades nesta terça-feira, 7.

Desde a morte do seu fundador, o hotel vem sendo administrado por Henry Maksoud Neto. Por enquanto, pelo menos até o fechamento desta matéria, não havia qualquer comunicado no site oficial do Maksoud Plaza sobre o fechamento, mas no setor de reservas, ontem, as informações obtidas por clientes interessados em hospedagem na virada de ano davam conta de que o hotel não estará mais operando a partir desta terça-feira.

Esta não é a primeira vez que o Maksoud Plaza suspende suas atividades. A primeira foi em razão da pandemia de Covid-19, em 2020, e durou seis meses, mas é fato que a empresa está em recuperação judicial desde 21 de setembro de 2020 por conta de um endividamento de R$ 110 milhões. Por isso agora o clima é de total incerteza sobre uma futura retomada das atividades.

“É um custo muito elevado você manter o padrão do hotel sendo que você não tem essa demanda e que a diária média está abaixo do ideal, para que você possa pagar as despesas do hotel e manter o hotel em condições de receber esse público, que é tão exigente”, disse Ricardo Roman Júnior, presidente da ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo) em entrevista ao Bora SP, do Uol.

Localizado ao lado da Avenida Paulista, centro financeiro de São Paulo, o Maksoud Plaza foi inaugurado em 1979 com 416 apartamentos, após uma construção que durou 18 meses em um investimento de 40 milhões de dólares.  Em um anúncio de vagas de emprego, veiculado no jornal Estado de S. Paulo no ano de sua inauguração, o Maksoud foi descrito como "planejado e executado para ser um dos melhores do mundo”.

Com restaurantes famosos e badalados, um teatro, o Teatro Maksoud Plaza, localizado no pavilhão de eventos do piso B com capacidade para 400 pessoas, uma casa de espetáculos, a 150 Night Club, ambos referências de apresentações de grandes artistas, o hotel viveu seu auge nas décadas de 1980 e 1990. Nesse período recebeu estrelas da música como Frank Sinatra, David Bowie e a Banda Guns N’Roses, além de autoridades da política internacional, entre elas a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário