ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 13º

Lugares por Onde Ando

Se vai viajar de avião, entenda as novas regras do uso de máscara

Por Paulo Nonato de Souza | 27/03/2021 08:12
Se liga: A Anvisa decretou medidas mais rígidas para o uso de máscaras nos aeroportos e aeronaves no Brasil (Foto: Reprodução)
Se liga: A Anvisa decretou medidas mais rígidas para o uso de máscaras nos aeroportos e aeronaves no Brasil (Foto: Reprodução)

Se você tem viagem programada, lembre-se de que no novo normal não basta ter a passagem comprada, a mala pronta e embarcar. É preciso observar uma série de novidades que surgem em ritmo surpreendente, como as novas regras adotadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para o uso de máscara no setor aéreo que entraram em vigor na última quinta-feira, 25.

Devido ao agravamento da pandemia de Covid-19, a Anvisa decretou medidas mais rígidas para o uso de máscaras nos aeroportos e aeronaves no Brasil. Estabelecem que a máscara deve ser bem ajustada ao rosto, cobrindo o nariz e a boca, sem aberturas que permitam a entrada ou saída de ar e gotículas respiratórias.

Os modelos que não garantem proteção externa não serão mais aceitos nos aeroportos e nas aeronaves, incluindo bandanas, lenços, protetores faciais do tipo face shield (máscaras de acrílico ou de plástico transparente) e as que possuem válvula de expiração. As máscaras de tecido confeccionadas artesanal ou industrialmente com material feito de algodão e tricoline continuam permitidas, mas devem possuir mais de uma camada de proteção e ajuste adequado ao rosto.

“Só hoje (sexta-feira) fiquei sabendo dessa novidade ao ligar na minha agência de viagens para tirar dúvida sobre o meu check-in. Sorte que já tenho uma máscara que se enquadra nas novas regras”, disse o campo-grandense Carlos Eugênio Soares, que neste sábado, 27, enfim, espera viajar para realizar o sonho de conhecer Salvador, na Bahia, depois de duas remarcações em 2020 por conta da pandemia.

Desde o dia 1.º de março a Latam proibiu o uso de máscaras com válvulas de qualquer modelo em seus voos. Alegando questão de segurança coletiva, a lista de proibições inclui bandanas, lenços e protetores bucais. “A Latam não fornece máscaras para os passageiros e quem estiver usando um artefato que agora foi vetado será impedido de embarcar”, diz nota emitida pela companhia aérea.

Veja abaixo as novas regras para o uso de máscara no transporte aéreo no Brasil:

– Podem ser utilizadas versões de tecido (recomendável 3 camadas) ou de uso profissional, como as cirúrgicas e as N95/PFF2. Em qualquer caso, sem válvula;

– Lenços, bandanas, máscaras de acrílico ou de plástico não são permitidas;

– Protetor facial (face shield) só pode ser usado com máscara por baixo;

– A máscara deve estar ajustada ao rosto, cobrindo o nariz e boca, sem aberturas. Recomenda-se a troca a cada 3 horas de uso;

– Ficam liberadas de usar máscara apenas crianças menores de 3 anos e pessoas com deficiências que impeçam o uso adequado da proteção;

 – Em viagens nacionais, só se pode tirar a máscara no avião para hidratação ou para alimentar crianças menores de 12 anos, idosos e pessoas com necessidades especiais.

Caso você ainda tenha dúvida e queira mais informações sobre as novas regras para o uso de máscara nas viagens de avião, acesse o link “mascaras aeroportos aeronaves”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário